Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/06/2010 - EPTV.com Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Brasileiros são vítimas de golpe na Turquia

Grupo de dançarinos está há um mês no país sem receber salários.

Familiares de dez brasileiros que foram vítimas de um golpe quando realizavam uma série de apresentações na Turquia aguardam há mais de 24 horas notícias dos seus parentes, que seriam levados de Bodrum a Istambul nesta quarta-feira (9), para em seguida serem deportados para o Brasil.

De acordo com a artista plástica Sheila Franco, mãe do responsável pelo grupo Gafieira Brasil, Paulo Franco, o filho de 28 anos entrou em contato pela última vez na segunda para relatar à família no Rio que o grupo havia denunciado o contratante turco, após ter sofrido ameaça de morte. Os brasileiros estavam acompanhados de um representante do Consulado do Brasil em Istambul.

“Desde ontem [segunda], às 22h, estamos sem contato. Ele pediu socorro dizendo que poderiam deportá-lo. Ele é uma vítima que leva o Brasil para o mundo, tem uma ficha limpa, é um menino impecável. Nunca se envolveu com nada ilícito”, contou Sheila Franco.

Segundo a artista plástica, seu filho e os outros nove artistas viajaram no início de maio para Bodrum, na costa asiática da Turquia, onde fariam uma série de apresentações de danças brasileiras e capoeira em hotéis. O contrato de seis meses previa um salário mensal de US$ 1 mil (cerca de R$ 1.860) por artista, com até duas apresentações por dia.

Logo que chegou ao país, Paulo Franco teria entregado o contrato para ser assinado e o pedido de visto de trabalho ao diretor da empresa turca que os contratou, Önder Bayran, o que não aconteceu. Além disso, os artistas teriam sido hospedados inicialmente em condições precárias e não teriam recebido nenhuma parte dos salários.

“Meu filho passou mais um mês cobrando o [cumprimento do] contrato para pagar os artistas, foi quando sofreu a ameaça de morte. Entrei em contato com consulado em Ancara, que acionou o de Istambul e começaram a levantar o caso. Este senhor [contratante] tem antecedentes criminais. O conselheiro do consulado está com meu filho desde segunda-feira pela manhã em Bodrum. Todos os artistas prestaram depoimento”, conta a mãe de Franco.

Organização criminosa

Em e-mail enviado a Sheila Franco, o cônsul do Brasil em Istambul, Michael Monteiro Gepp, confirmou que o grupo de artistas foi vítima de uma organização criminosa, que faz parte de uma rede internacional de tráfico de seres humanos, drogas, armas e lavagem de dinheiro.

O Itamaraty afirma que está em contato com o consulado brasileiro na capital turca e acredita que os brasileiros devem ser levados a Istambul ainda esta semana, de onde devem retornar ao Brasil, o que contraria a vontade do líder do grupo.

“Não queremos e não podemos ser deportados… Até por que estamos denunciando tudo porque queremos estar dentro da lei da Turquia e queremos que o nosso país lute por nós junto conosco. Precisamos de respaldo das autoridades brasileiras porque fomos trazidos e enrolados até hoje. Merecemos ser tratados com respeito e ter o direito de lutar pelos nossos direitos, aqui ou em qualquer lugar”, escreveu Paulo Franco em e-mail enviado à mãe na segunda.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 160 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal