Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/06/2010 - DCI / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsificações fazem Fifa rejeitar nota de 200 rands


JOANESBURGO - Uma onda de falsificações fez com que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) rejeitasse notas de 200 rands (moeda sul-africana) nos guichês de venda de ingressos para a Copa do Mundo. Torcedores que compareceram nesta segunda-feira (7) aos postos de venda de entradas foram alertados por um cartaz pregado na porta dos locais sobre a rejeição da nota.

Outras lojas de Joanesburgo também adotaram a medida para evitar prejuízos. Muitas delas, assim como a Fifa, alertam seus clientes da restrição quanto ao pagamento em moeda local com cartazes afixados perto dos caixas. Alguns comerciantes chegaram até a instalar uma máquina para verificação da autenticidade das notas em seus estabelecimentos.

Um deles foi o proprietário do posto de combustível gerenciado por John Nel, em uma área nobre da cidade. Em entrevista à Agência Brasil, Nel disse que problemas de falsificação se intensificaram há quatro meses, depois que o banco central sul-africano resolveu mudar a aparência da nota de 200 rands.

“Naquela época, a nota atinga e a nova circulavam ao mesmo tempo. O pessoal ficava confuso, e o falsificadores se aproveitaram”, explicou. “Depois que foram recolhidas as notas antigas, a situação melhorou.”

Para evitar problemas com os vários turistas que estão vindo à África do Sul para a Copa, o banco central do país também está distribuindo cartilhas informativas sobre a moeda local. Da cartilha, constam imagens das notas de rand e cuidados contra a falsificação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 148 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal