Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/06/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dentista é investigado por suspeita de vender atestados em Minas Gerais


BELO HORIZONTE - O Conselho Regional de Odontologia (CRO) de Minas Gerais investiga o dentista Carlos Alberto Barbosa, de Miguelópolis, por suspeita de vender atestados. Em um único dia, ele teria feito nove atestados para funcionários de uma usina de cana-de-açúcar da cidade de Delta, no Triângulo Mineiro, divisa com o Estado de São Paulo, e cobrado R$ 15 por cada um.

A grande quantidade de documentos emitida por um mesmo profissional chamou a atenção da diretoria da empresa, que decidiu investigar o caso e descobriu a fraude.

- Instauramos uma auditoria para verificar a veracidade dos atestados e contestou que foram forjados - afirma o médico do trabalho César Augusto Gaspar.

A empresa vai abrir processos administrativos contra os funcionários e fará um levantamento para verificar se houve outros atestados emitidos pelo dentista.

De acordo com um homem que fez a denúncia, o dentista não realiza consulta nem questiona o pedido de atestado.

- Falei que eu presto serviço em usina aqui na região e eu queria só um atestado porque faltei ao serviço, só para justificar a minha falta. Aí ele falou 'isso a gente resolve', virou as costas, foi na sala, pegou um bloco de atestados, inclusive já com o CID (Código Internacional de Doenças)e já assinado - conta.

Procurado pela reportagem da EPTV, sem saber que estava sendo filmado, o dentista emitiu dois atestados, um deles em branco, apenas com a sua assinatura.

Barbosa nega as acusações.

- Eu não vendo atestado. Tem que passar pelo consultório - afirmou.

De acordo CRO de Minas Gerais, se for comprovada a irregularidade, o dentista pode ter o registro cassado. O Conselho mineiro irá notificar o Conselho paulista para que o órgão tome ciência do caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 218 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal