Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/06/2010 - Jornal da Economia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Publicitário são-roquense é preso em Jundiaí acusado de estelionato

Ele é acusado de tentar extorquir R$ 5 mil de uma psicóloga e foi preso na rodoviária, quando ia encontrar a vítima e pegar o suposto dinheiro.

O publicitário Paulo Guilherme Raggio Barbara, 40 anos, foi preso na cidade de Jundiaí, acusado de tentar extorquir R$ 5 mil de uma psicóloga, V. R., 35 anos. Ele conheceu a mulher em um site de relacionamentos há cerca de dois meses.
Eles se encontraram por três vezes em São Roque e no início ele era “bom moço”, mandava flores e era educado, depois passou a ser muito grosseiro, por isso, a psicóloga começou a se mostrar desinteressada e o homem começou a extorqui-la.
Segundo matéria publicada no Jornal Bom Dia Jundiaí, a vítima afirmou que após Paulo perceber que ele não iria mais encontrá-la, começou a pedir dinheiro e a torturá-la. “ Ele afirmava que ia me perseguir, me deixar deficiente e iria me obrigar a fazer sexo”, contou a vítima para a reportagem do Jornal.
O investigador da Polícia Civil de Jundiaí, Aldivino da Silva, em entrevista para o Jornal da Economia informou que o publicitário queria R$ 5 mil para deixar de entrar em contato com a mulher. “A vítima contatou a Polícia e contou o que estava acontecendo, ele foi até a rodoviária de Jundiaí para encontrar a psicóloga e receber o suposto dinheiro, mas foi preso em flagrante na segunda-feira, 31”, comentou o investigador.
Paulo foi entrevistado pela reportagem da TV Tem e disse que não teve nenhuma vítima, pois o que ele fez foi um erro e acabou se apaixonando pela psicóloga. Porém, foram feitas gravações das conversas entre o estelionatário e a vítima, onde ele dizia: “Eu pedi para você não entrar na minha vida, eu vou fazer do meu jeito. Primeiro vou me divertir com você, depois procuro outras pessoas”, ameaçava o publicitário.
O investigador Silva afirmou que pode haver outras vítimas. “Estamos investigando se há outras vítimas, por isso, pedimos que se alguém manteve relacionamentos com o suposto estelionatário e ele tentou tirar dinheiro, que entre em contato com a Delegacia de Polícia de São Roque”, pediu.
As denúncias poderão ser feitas através do disque denúncia pelo telefone 181 ou pelo telefone (11) 4712-2211.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 455 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal