Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/05/2010 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha que sequestrou brasileiro na África do Sul tinha outros alvos

Em Joanesburgo, uma perícia feita nos computadores do grupo que sequestrou Osmar Pereira demonstrou que eles queriam atrair mais brasileiros para o golpe. As fraudes podem aumentar durante a Copa.

Investigações da polícia da África do Sul indicam que a quadrilha que sequestrou o empresário brasileiro na semana passada, em Joanesburgo, tinha outros alvos no Brasil.

Direto para o banco dos réus. Seis nigerianos agora processados por estelionato, roubo, sequestro e tortura.

O brasileiro Osmar Pereira passou dois dias num cativeiro até ser libertado na quinta-feira passada. Ele exporta madeira e acreditou que vinha fechar um contrato milionário.

Uma perícia feita nos computadores dos sequestradores demonstrou que eles estavam tentando atrair mais brasileiros para o golpe em Joanesburgo.

Foram descobertas negociações avançadas com dois empresários do interior de São Paulo do ramo de calçados e um exportador de açúcar do Nordeste.

Pela investigação, um deles já teria até marcado data para vir pra cá. Por sorte, a polícia pôs fim a farsa desvendando o sequestro de Osmar Pereira.

Um dos chefes da investigação deu mais detalhes do caso para delegados brasileiros, que acompanham a nossa Seleção. Ele diz que Osmar Pereira vai continuar sob proteção permanente ate deixar a África do Sul.

Na noite desta segunda, um diretor da polícia fez um alerta: os golpes tendem a aumentar com a chegada da Copa. É preciso redobrar os cuidados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 234 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal