Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/05/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Nigéria acumula casos de golpes e ganha fama de paraíso das fraudes

Por: Thais Lobo


RIO - Casos como o do brasileiro enganado e sequestrado por uma quadrilha de nigerianos em Johannesburgo contribuem para dar à Nigéria a fama de paraíso das fraudes. No maior golpe já registrado no país, três nigerianos conseguiram roubar US$ 242 milhões do banco brasileiro Noroeste.

Segundo o processo, os três convenceram Nelson Sakaguchi, então diretor do Noroeste em São Paulo, a enviar dinheiro para a construção de um aeroporto em Lagos, a capital nigeriana, em troca de uma comissão de US$ 10 milhões. A Comissão de Crimes Econômicos e Financeiros da Nigéria afirma que a fraude, que durou quatro anos, começou em 1995. Em 2004, o processo foi encerrado depois que um juiz afirmou não ter jurisdição sobre o processo.

Outro golpe comum são os e-mails enviados pela rede prometendo ganhos milionários para quem ajudar um nigeriano, supostamente perseguido pelo governo corrupto de seu país, a transferir fundos para uma conta bancária no exterior. Em posse dos dados bancários, o fraudador faz os saques na conta da vítima.

A fraude é mais conhecida na Nigéria como 419, devido a seu número no código penal - a exemplo do 171 no Brasil. Um dos sites mais importantes no combate à prática é o NigerianFraudWatch.org , um serviço operado pelo governo nigeriano em parceria com a Grã-Bretanha.

A má fama acabou se transportando também para o mundo da ficção. Em 2009, o longa-metragem "Distrito 9" chegou a ser proibido na Nigéria por retratar os imigrantes do país na África do Sul como marginais e sanguinários. O filme conta a história de alienígenas que chegam por acaso à Terra e acabam segregados em campos de concentração, na África do Sul, onde passam a viver isolados e sem poder se integrar à sociedade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 251 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal