Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/05/2010 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ságuas explica suposta fraude e diz que licitações são da SAD

Por: Julia Munhoz


O deputado estadual e ex-secretário de Educação de Mato Grosso Ságuas Moraes (PT) esclareceu em entrevista ao Olhar Direto as suspeitas de fraudes em licitações na secretaria durante sua gestão, que teriam sido denunciadas pelos próprios servidores da pasta, além de afirmar que a Secretaria de Administração é a responsável pelas licitações da Seduc.

“As licitações da Seduc são todas feitas pela SAD. As únicas licitações feitas pela própria Secretaria de Educação são as de construções de escolas, o restante é pela administração”, explicou Ságuas. O ex-secretário ressaltou que quando a lista de solicitações da Seduc retorna da SAD se a Educação não concorda com o preço é solicitado um novo pregão.

Ele explicou que não tem conhecimento das supostas denuncias feitas por servidores quanto aos processos licitatórios da pasta, mas que, recentemente antes de reassumir sua vaga de deputado, um servidor que faz parte do quadro gerentes responsáveis pela folha de pagamentos estaria alterando os valores da folha dos servidores da educação.

“Descobrimos a pouco tempo que um dos gerentes que controla a folha de pagamentos estava alimentando a folha com escolas que já haviam sido desativadas pela Seduc e encaminhando para a SAD executar o pagamento. Ele estava sacando o recurso com o próprio CPF”.

Segundo Ságuas a constatação só foi possível porque desde o início de sua gestão é realizado um monitoramento da folha mensal e que todos os meses são constatas irregularidades ou até mesmo falhas em dados, mas que imediatamente as medidas cabíveis são tomadas.

“Sempre que há diferenças em valores entramos em contato direto com o Banco do Brasil para desconsiderar os valores que aparecem a mais”. Quanto ao caso do servidor o parlamentar disse que a Delegacia Fazendária já foi acionada e investiga o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 157 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal