Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/05/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude em licitações em Ecoporanga, Boa Esperança e Guarapari leva oito para a cadeia no Espírito Santo


VITÓRIA - A Operação Ramá, desencadeada nesta terça-feira pelo Ministério Público no Espírito Santo, já levou para a cadeia oito das dez pessoas citadas em um grande esquema de fraude em licitações públicas nos municípios de Ecoporanga e Boa Esperança, no norte do Estado, e em Guarapari, na Grande Vitória. Além dos mandados de prisão, a Justiça expediu 18 mandados de busca e apreensão para serem cumpridos .

Foram aproximadamente cinco meses investigações realizadas pelo Grupo Especial de Trabalho Investigativo do Ministério Público (Geti). Segundo o Ministério Público, o objetivo desse grupo era manipular os procedimentos licitatórios. O vereador e presidente da Câmara Municipal de Guarapari, José Raimundo Dantas, é apontado como coordenador do esquema de fraudes, que tem por trás a empresa KMD Construtora e Prestadora de Serviços. A empresa teria vencido licitações nas prefeituras de Ecoporanga, Boa Esperança e Guarapari.

Dos dez mandados de prisão decretados pela justiça, oito já foram cumpridos e as pessoas estão na sede do Geti, na Enseada do Suá. Ainda restam duas pessoas a serem localizadas e detidas pela polícia. Entre elas está o vereador e presidente da Câmara Municipal de Guarapari, José Raimundo Dantas. A expectativa é de que o Ministério Público ainda se pronuncie no final da tarde dessa terça-feira sobre a operação.

Em Ecoporanga duas pessoas foram presas. Uma delas é o presidente da comissão de licitação da prefeitura, Mauro Sérgio de Oliveira. O outro seria um representante da empresa responsável pela Limpeza Pública do município. Eles foram encaminhados para Vitória.

Documentos e computadores foram apreendidos no prédio da prefeitura de Ecoporanga. Seis viaturas do Batalhão de Missões Especiais (BME), da Polícia Militar, que saiu de Vitória, participaram da ação. O Ministério Público ainda deve divulgar mais informações sobre a operação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 253 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal