Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/04/2007 - Correio Braziliense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia desmantela quadrilha que aplicava golpe por telefone


A denúncia de uma servidora pública aposentada de Brasília, feita à Delegacia de Falsificações e Defraudações (DFP) há dois meses, levou a polícia a desmantelar uma quadrilha que aplicava o chamado “Golpe do Pecúlio”. Os criminosos são de Belo Horizonte, mas atuavam em todo o país. Eles ligavam para as vítimas, sempre servidores aposentados do Exército Brasileiro, e diziam que elas tinham um dinheiro a receber.

Para ter acesso ao montante, superior a R$ 50 mil, eles diziam que as vítimas deveriam depositar o dinheiro que seria usado para custear o processo. Em Brasília, um casal de aposentados chegou a depositar R$ 18 mil em contas dos integrantes da quadrilha. Os irmãos Simone de Siqueira Campos, 33 anos, e Aurimar de Siqueira Campos, 33 anos, e Raoni Brasil, 20 anos, Gustavo Adolfo Brasil, 23 anos, estão presos na carceragem da polícia especializada. Outras seis pessoas já foram prejudicadas e são procuradas.

Para realizar o golpe, os integrantes da quadrilha se identificavam como Coronel Oscar Pimentel e Coronel Castilho. Eles diziam que as vítimas tinham dinheiro a receber mas o processo estava com o prazo vencido. Para reavê-lo, os aposentados teriam que pagar os honorários e custos processuais. De acordo com a delegada chefe da DFP, Vera Lúcia da Silva, os suspeitos aproveitavam da inocência das pessoas idosas.

Segundo ela, como são servidores aposentados, acreditavam que realmente poderiam ter algo a receber e caíam no golpe. “Eles pediam dinheiro várias vezes e só paravam quando percebiam que a vítima desconfiava de um golpe”, conta. “Quando isso acontecia, eles passavam para uma nova vítima”, explicou.

Segundo a delegada Vera Lúcia da Silva, uma pessoa, provavelmente ligada ao Exército, vendia as informações do cadastro dos servidores aposentados. A delegada alerta para golpes feitos por telefone.“Os crimes por telefone estão na moda. De dois anos para cá têm crescido muito”, ressaltou. “Não se pode acreditar em nada que é oferecido pelo telefone, na maioria são crimes de extorsão”, acrescentou.

Luxo
A quadrilha tinha alto padrão de vida na capital mineira. Segundo a polícia, oito cartões de crédito de integrantes do grupo foram recolhidos. Os bandidos tinham contas nos restaurantes mais caros da cidade. Também foram encontrados com eles um veículo Ford Fusion, placa HFW- 1849/MG e um Fiat Doblô placa GPK 2579/MG. Além de microfichas com dados de possíveis vítimas, números de contas bancárias, parelhos celulares, livro de petições previndenciárias, uma TV de plasma, valores em reais, dólares e euros. Nenhum dos envolvidos no golpe possui passagem pela polícia. Eles serão julgados por crime de estelionato e podem pegar de um a cinco anos de cadeia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1106 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Paula - 09/11/2012 10:19

Acredito que estas pessoas, as quais vocês se referem nesta matéria, já estão pagando a pena que lhes é devida. Portanto, imagino que esta publicação, além de não ser totalmente verossímel, atrapalha os mesmos de seguirem com suas vidas. Uma vez, que nossa sociedade é leiga e não entende que quando se paga uma pena, a pessoa já não deve mais padecer por tal erro. Diante disso, sugiro que vocês retirem esta matéria sensacionalista do ar, pois posso afirmar que está atrapalhando muito algumas pessoas que estiveram envolvidas. Obrigada.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal