Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/05/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso em Juiz de Fora e acusado de aplicar golpe 'boa noite cinderela' em três estados


BELO HORIZONTE - Um homem de 40 anos foi preso nesta segunda-feira em Juiz de Fora, Minas Gerais, acusado de dar o golpe conhecido como "boa noite cinderela" em festas realizadas em pelo menos três estados. Em um momento de distração, o criminoso coloca um tranquilizante na bebida da vítima que acaba dormindo e depois é roubada.

Ananias Fernandes Silva foi reconhecido em uma loja da cidade mineira, ao comprar um secador de cabelos. Um funcionário da loja tinha uma foto dele e chamou a polícia. Pelo seis vítimas tinham registrado boletim de ocorrência contra ele, pelo mesmo crime. O golpista estava sendo investigado desde janeiro. Quatro pessoas foram até a delegacia e reconheceram Ananias como autor do golpe. Ele também tinha mandado de prisão expedido em Brasília e em Maringá, no Paraná.

O acusado nasceu em Maringá, era casado e morava no Rio de Janeiro. Em Juiz de Fora, estava hospedado com a mulher, de 25 anos, num hotel da cidade. No local foram apreendidos tranquilizantes, que seriam usados para dopar as vítimas.

Um rapaz de 34 anos ainda estava dopado quando foi localizado pela polícia para reconhecer o golpista. Ele conta que conheceu Ananias num site de relacionamento da internet, dedicado à organização de festas. Os dois se encontraram e foram juntos tomar uma cerveja antes da festa. O rapaz diz que logo depois de ter tomado a bebida, foi se trocar e passou a sentir muito sono, até desmaiar. Ananias teria levado sua carteira e o celular.

O acusado prestou depoimento e foi levado para o Ceresp de Juiz de Fora. Ele será indiciado por roubo e estelionato. A mulher dele foi ouvida como testemunha e depois liberada. A polícia calcula que o prejuízo causado às vítimas foi de R$ 200 mil apenas em Juiz de Fora.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 231 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal