Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/05/2010 - Diário de Cuiabá Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dupla é presa acusada de lesar comércio

Por: Adilson Rosa

Polícia apreendeu dezenas de cartões de banco, vários talões de cheques e CPFs falsos em poder de Ozório da Silva Júnior e Elenice da Silva.

A prisão do vendedor Ozório Antônio da Silva Júnior, de 49 anos, e sua cúmplice Elenice Neta da Silva, de 35, pode levar a polícia a esclarecer uma série de golpes aplicados no comércio da Grande Cuiabá. Com eles, policiais militares apreenderam dezenas de cartões de saque e crédito, além de vários talões de cheques e CPFs falsos. A prisão ocorreu anteontem à tarde, na saída da agência do Bradesco do Centro de Cuiabá, por PMs do Serviço de Inteligência do 3º Batalhão.

Na Delegacia do Complexo do Verdão, o delegado plantonista Jeferson Dias Chaves autuou Ozório por falsidade ideológica, uso de documento falso e falsificação de documentos públicos. Elenice, por sua vez, foi presa por uso de documento falso. Com ela, foram encontradas três carteiras de identidade, sendo duas falsas.

Segundo o delegado, com o uso de CPFs falsos, ele abria contas bancárias e conseguia talões de cheques usando o mesmo nome. Até agora, conseguiu comprar dois carros financiados – um Fiat Línea e uma picape Silverado. Para o delegado, novas vítimas poderão aparecer. Alguns extratos bancários apreendidos com a dupla apontam que a movimentação financeira é grande.

“Tantas folhas de cheques não foram retiradas da agência bancária por acaso. Se aplicaram mais golpes, além da compra dos dois veículos, os cheques ainda não voltaram. Com a prisão deles, as vítimas deverão procurar a polícia para fazer o reconhecimento e registrar queixa”, observou o delegado.

A prisão da dupla ocorreu após os policiais do Serviço de Inteligência receberem denúncia de que um casal estava aplicando golpe na praça. Com as características físicas fornecidas por uma das vítimas, chegaram até Ozório e Elenice. Essa vítima, no entanto, ainda não procurou a polícia.

O delegado acrescentou que o Línea foi financiado através de uma empresa, a Stilo Distribuidora, aberta com documentos falsos. Os policiais não descartam a hipótese de as parcelas do veículo estejam atrasadas.

Diabético, Ozório passou mal e teve que ser levado para o Pronto-Socorro de Cuiabá (PSC) para ser medicado. O mal súbito não impediu a sua prisão. Assim que receber alta médica, será encaminhado para uma unidade prisional.

Policiais plantonistas alertaram os comerciantes para que façam a checagem dos documentos na hora de fazer compras no crediário ou cheques. “Muitos casos são detectados pelas empresas, principalmente de revenda de eletrodomésticos, ao fazer uma checagem mais rigorosa”, disse um policial. (AR)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 284 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal