Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/05/2010 - Jornal de Uberaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresas fantasmas agem na cidade e três uberabenses caem no golpe do empréstimo

Por: Jaqueline Barbosa


Empréstimos sem consulta a órgão de restrição ao crédito, como Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa. Esses foram os principais atrativos para que falsas financeiras conseguissem fazer três vítimas em Uberaba somente na última semana. De acordo com o coordenador do Procon, Sebastião Severino Rosa, geralmente são empresas que dizem possuir sede em outra cidade e que os empréstimos são feitos pelo próprio telefone.
"Representantes dessas 'empresas fantasmas' abordam o cidadaão no meio da rua, com panfletos chamativos. Por vezes, as pessoas que entregam esses panfletos nem mesmo sabem que são agências financeiras que não existem", afirma o coordenador.
Outra característica do panfleto é que tem apenas o nome da agência financeira e um telefone para contato, além de vantagens chamativas como "sem consulta ao SPC", ou "liberação do crédito na hora na sua conta". O coordenador do Procon chama atenção para o fato de não estar impresso o endereço físico ou outras informações úteis ao consumidor, como o CNPJ. "Outra característica dessas empresas fantasmas é o fato de solicitarem o depósito de 10% do valor do empréstimo para liberação do crédito. Assim, se, por exemplo, a pessoa precisa de R$ 3mil, eles pedem o depósito de R$ 300", afirma.
Sendo assim, continua ele, "é o prazo de fazerem um número de vítimas suficiente para ganhar algum dinheiro, e depois desaparecerem do mapa". De acordo com o coordenador, possivelmente outras pessoas também caíram na fraude, no entanto, apenas três uberabenses reclamaram no Procon. Outro consumidor chegou a levar o panfleto ao Procon antes de fazer o empréstimo. Foi quando Sebastião Severino tentou contato através do telefone, informando que era representante do órgão, "na mesma hora a ligação caiu e desde então ninguém mais atende neste número", conta ele.
Ele também alerta para empresas com endereços falsos. De acordo com o coordenador, recentemente, consumidor de outra cidade no interior do Mato Grosso do Sul entrou em contato com o Procon Uberaba para verificar o endereço de uma suposta financeira situada no município. No entanto, o endereço era inexistente. "O ideal é que sempre que precisar de um empréstimo, dê preferência para bancos onde recebe o salário ou aposentadoria. Não fazer empréstimo por telefone. Caso receba algum tipo de fôlder ou panfleto, verifique se o estabelecimento possui endereço fixo, e dê sempre preferência às instituições de sua cidade", ressalta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 218 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal