Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/05/2010 - Jornal de Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ingleses venderam esquema de fraude fiscal utilizado por bancos referenciados na "Operação Furacão"


O esquema internacional que fez o fisco português perder centenas de milhões de euros nasceu em Inglaterra e a sua autora original é a consultora Calbourn Investments, Ltd, que chegou a ter escritório em Lisboa.

O esquema complexo, noticia o “i”, passava obrigatoriamente por sociedades com sede no Reino Unido e administrações no Panamá, e funcionava através de um carrossel de facturações sucessivas a sociedades criadas ou especialmente usadas para o efeito, que gerava uma margem sobre as prestações de serviços ou de trading (compras) que era devolvida à empresa portuguesa compradora com as comissões já retiradas na origem e livre de impostos.

O jornal escreve que, sob a capa de “planeamento fiscal agressivo”, a Calbourn vendeu o seu esquema directamente “a duas das maiores sociedades de advogados portuguesas, como documentam os autos da Operação Furacão, que entretanto foram divididos em vários processos”.

A esse propósito, o “i” escreve que BCP, BES, BPN e o Finibanco se preparam para responder por fraude fiscal, associação criminosa e, eventualmente, branqueamento de capitais. “Relativamente ao Banif, porém, não há ainda certezas absolutas sobre se a instituição será ou não acusada, apesar de movimentos de clientes seus estarem a ser analisados no âmbito do processo”, acrescenta o jornal.

O “i” refere ainda que entre as empresas inglesas mais usadas nos esquemas de fraude fiscal estão a Treatbase Ltd, a Norex Associated Ltd, a Matthew Edward & Cie, a Overseas Corporate Services, Ltd, a Mees Pierson Trust a Bell House e a William Jeffry.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 201 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal