Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/05/2010 - Mais Comunidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Esquema teria desviado R$ 160 milhões, afirma Durval Barbosa


Em depoimento à Comissão de Ética da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), o delator do 'mensalão do DEM', o ex-secretário de Relações Institucionais do GDF Durval Barbosa, afirmou que o suposto esquema de pagamento de propinas desviou R$ 160 milhões. A informação foi divulgada em reportagem do telejornal DFTV.

Segundo a matéria, Durval disse à comissão que fazia uma prestação de contas semanal à Arruda, que centralizava o esquema. O depoimento que durou quase duas horas faz parte do processo por quebra de decoro parlamentar contra a deputada Eurides Brito (PMDB).

Durval afirmou que esquema começou em novembro de 2002, ainda na administração do ex-governador Joaquim Roriz (PSC). Roriz teria entregado para Arruda a Codeplan, presidida na época por Barbosa.

O ex-secretário disse que Arruda pagava distritais para aceitar alterações no Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT). Mencionou que o ex-governador era um dos sócios, junto com o ex-vice Paulo Octávio, de um empreendimento imobiliário no Pistão Sul, em Taguatinga, de 17 torres com 29 andares. A expectativa era receber R$ 60 milhões em propina de empresários interessados em alterações no plano.

Com relação à deputada Eurides Brito, Durval disse que a distrital recebia R$ 30 mil por mês do esquema.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 161 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal