Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/05/2010 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vereadora suplente e universitário são presos

Por: Nicolau Araújo


A Polícia Civil do Ceará deverá aguardar a conclusão das investigações da Polícia Federal de Natal (cerca de 30 dias) para se posicionar sobre um pedido de transferência do universitário Paulo Victor Lopes Monteiro, 23, e da suplente de vereadora Orlandina Torres Carneiro, 31, presos em flagrante em uma operação da PF, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), contra clonagem de cartões do Banco do Brasil (BB) e da Caixa econômica Federal (CEF), na última semana, quando os acusados se deslocavam da capital potiguar para Fortaleza.

No interior do veículo Pajero, os policiais federais encontraram um aparelho ``chupa-cabra`` (dispositivo implantado ilegalmente em caixas eletrônicos e máquinas de cartões de crédito para a captura dos dados do cartão), além de 100 cartões bancários, um notebook com programa de leitura de cartões e a quantia de R$ 8,1 mil.

A Pajero blindada pertencia a Ozenaldo Rodrigues Sales, o Louro, 36, executado com dois tiros, na véspera de Natal, em frente a uma loja de conveniência de um posto de combustíveis, no bairro Dionísio Torres. Todo o material apreendido com o universitário e a suplente de vereadora na Câmara Municipal de Independência (688 votos), pelo PSDB, estava escondido em várias partes do veículo, segundo os policiais federais.

De acordo ainda com os policiais federais, o universitário do curso de Administração informou que seria filho de um coronel da Polícia Militar do Ceará, como forma de intimidar os agentes que fizeram a abordagem. Já Orlandina Torres, conforme ainda a PF, possuiria processos em Fortaleza e Taguatinga (DF), por furto, por estelionato e formação de quadrilha.

Novos chefes

Segundo as investigações da PF, os dois acusados seriam os novos chefes da clonagem de cartões no Ceará, depois do assassinato de Ozenaldo Rodrigues Sales.

``Não vamos nos manifestar, por enquanto, até que a própria Polícia Federal nos procure para saber sobre a movimentação dos clonadores de cartões no Ceará. A Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) tem realizado um excelente trabalho no combate a esse tipo de crime``, comentou o diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), delegado Jairo Pequeno.

E-MAIS

CONFIRA A ATUAÇÃO DOS CLONADORES

>De acordo com as investigações da Polícia Civil, o crime da clonagem de cartões no Ceará teve início no fim dos anos 90, no Sertão de Crateús, principalmente nos município de Boa Viagem, Novo Oriente, Crateús e Independência.

>Segundo ainda a Polícia, o primeiro chefe da clonagem de cartões foi Luiz Mário Alves Bezerra, natural de Solonópole, assassinado aos 37 anos em um bar de sua cidade natal, por dois homens que portavam pistolas.

>Conforme a Polícia, as ações dos clonadores de cartões passaram a ser comandadas por Ozenaldo Rodrigues, morto ano passado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 672 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal