Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

01/05/2010 - Jornal de Angola Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude documental abordada no Cunene

Por: Dionísio David


Quadros do Ministério do Interior na província do Cunene terminaram ontem, na cidade de Ondjiva, um seminário sobre fraude documental, uma acção que teve por finalidade dotar os participantes de competências para detectar documentos falsos e outras anomalias na emissão de escrituras.
Organizada pelo referido Ministério do Interior, em parceria com a Organização Internacional de Migração, a formação visou permitir igualmente que os funcionários do órgão possam melhorar a prevenção e o combate do fenómeno.
Na cerimónia de abertura do seminário, o delegado provincial do Ministério do Interior, Carlos Cortês, disse que “hoje, mais do que nunca, a fraude documental passou a constituir uma séria ameaça à segurança nacional, uma vez que este fenómeno afecta a ordem e a tranquilidade públicas, a economia, a cultura, a saúde e outros sectores de importância vital”. O delegado do Ministério do Interior realçou que a fraude documental reduz as capacidades das instituições do Estado de gerirem a imigração ilegal, o tráfico de seres humanos e o contrabando. Nos últimos tempos, frisou, têm sido detidos muitos indivíduos que se fazem passar por médicos.
Medidas de prevenção
Face à onda de falsificação de documentos, o Ministério do Interior está a tomar sérias medidas de segurança. Carlos Cortês explicou que documentos importantes, como o Bilhete de Identidade, o passaporte, etc. são agora emitidos com tecnologias que os tornam difíceis, se não mesmo impossíveis de falsificar.
Carlos Cortês sublinhou, entretanto, que o avanço da ciência e das tecnologias, a par de permitirem o desenvolvimento das sociedades, muitas vezes também facilitam as acções de malfeitores.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 225 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal