Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/04/2010 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher é flagrada tentando aplicar golpe da aposentadoria em SP

Duas suspeitas foram presas pela polícia nesta quinta-feira (29). Vítimas contam que pagaram até R$ 8 mil para conseguir benefício.

Duas mulheres foram presas nesta quinta-feira (29), em São Paulo, suspeitas de prometer aposentadoria a vítimas. Uma delas se apresentava como funcionária do INSS, capaz de resolver toda e qualquer dificuldade de aposentadoria. Ela foi flagrada pela polícia durante uma negociação por um benefício.

Um motorista com problemas cardíacos tenta há sete anos transformar o auxílio-doença em aposentadoria. Para isso, entregou à mulher a documentação e quase R$ 8 mil em nome dele e da esposa. “Agora, eu estou nessa enrascada, né?”, reclama.

Outro homem também caiu no golpe. Pagou R$ 4 mil pela promessa de beneficio. “A gente perde esse dinheiro, não é fácil. Confia às vezes na pessoa e o preço sai alto”, desabafa. Na reunião com uma das vítimas nesta quinta-feira (29), a suspeita foi acompanhada da mulher que recebe em conta corrente o dinheiro do golpe. No encontro, estavam também um produtor da TV Globo e uma investigadora - a quem ela garantiu a aposentadoria, mesmo sem perícia médica.

“Esse documento que você vai assinar agora já é sua aposentadoria definitiva”, disse a golpista. E prometeu um beneficio alto: R$ 3.849. Com a prova da fraude, os policiais colocaram um ponto final na conversa. Questionada se fazia aposentadorias, ela negou.

Para a polícia, a suspeita disse que vinha aplicando o golpe havia oito meses. E que nunca entregou os documentos das vítimas para o INSS. As falsas aposentadorias eram prometidas para setembro. Ela confessou que, antes disso, pretendia fugir. Com as duas mulheres, os policiais encontraram falsas guias do INSS e um documento em que a suspeita se faz passar pelo que nunca foi: advogada, com registro no Pará.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 133 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal