Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

21/04/2007 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apura fraudes em empréstimos a servidores


A Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), abriu inquérito para investigar a ação fraudulenta de, pelo menos, sete empresas do setor de assistência médica e jurídica, que estariam burlando a legislação e oferecendo empréstimos a servidores públicos estaduais, contrariando suas finalidades. Os pagamentos estariam sendo descontados direto na folha de pagamento do Estado, caracterizando uma espécie de agiotagem. A gravidade do fato levou as autoridades a iniciar as investigações policiais, que deverão ter o acompanhamento do Ministério Público Estadual.

Na semana passada, representantes de, pelo menos, três destas empresas foram ouvidos em depoimento e dois deles confirmaram fazer contratos de empréstimos junto aos associados e que o pagamento ocorre em folha. Segundo eles, as empresas possuem rubricas (códigos de autorização), concedidas pela Secretaria Estadual da Administração (Sead).

Várias dessas empresas funcionam há anos, oficialmente, sob a ‘fachada’ de prestadores de serviços assistenciais como: benefícios de auxílio natalidade, casamento e invalidez; assistência jurídica, médica e odontológica, além de plano funerário. Aproveitando a autorização oficial, as empresas passaram a oferecer também - de forma ilegal - empréstimos descontados nos contracheques dos servidores.

Investiga

Procuradores de outras instituições que também atuam no ramo assistencial e que estão oferecendo empréstimos consignáveis em folha, deverão ser chamados a depor no decorrer da próxima semana, assim como representantes da própria Sead. Nos depoimentos já tomados, a Polícia descobriu ainda outras irregularidades, tais como cobrança de juros acima dos valores praticados pelas instituições financeiras, que atuam legalmente com a realização de empréstimos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 390 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal