Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/04/2010 - Agência Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

É "insultuosa" a acusação de burla e falsificação de documento no caso submarinos/contrapartidas - arguido José Pedro Ramalho

Por: Helena Neves Marques


Lisboa, 27 abr (Lusa) - O arguido José Pedro Ramalho, presidente do conselho de administração da Simoldes, considerou hoje "insultuosa" a acusação de burla e falsificação de documentos que lhe é imputada no processo "Submarinos - Contrapartidas".

Perante o juiz de instrução Carlos Alexandre, o arguido criticou a conduta da Comissão Permanente de Contrapartidas (CPP) no negócio da compra de dois submarinos por parte do Estado português ao consórcio alemão German Submarine Consortium, alegando que esta "não exerceu o seu papel de fiscalizadora".

"A CPC nunca fez fiscalização, nem se disponibilizou para visitar as empresas", afirmou, acrescentando que esta, em todo o processo, foi "perfeitamente ausente".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 216 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal