Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/04/2010 - Jornal Cidade (Rio Claro) Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpes a galope

Por: Jaime Leitão


Os golpistas no Brasil não andam a pé. Galopam em cavalos puro-sangue bem velozes. Mais do que isso, voam na velocidade da luz. Acabei de ler agora notícia sobre o velho golpe do falso sequestro, que eu pensei que ninguém mais caísse nele, de tão surrado, que quase vitimou o vice-presidente da República, José Alencar. Se até ele, que possui um sofisticado sistema de segurança, é alcançado pelos bandidos, imagine a maioria da população que não tem ninguém que a defenda. E por acaso tem? É assalto em casa, furto de carro na rua, sequestro–relâmpago, pessoas sendo assaltadas na saída de banco e supermercado.

José Alencar confirmou ontem no Congresso Nacional ter sido vítima do golpe do falso sequestro no último domingo. Ele recebeu um telefonema a cobrar quando estava no seu apartamento do Rio de Janeiro. Ao atender a ligação, o vice-presidente ouviu um choro forte de uma jovem que julgou ser uma de suas filhas. Em seguida, o golpista anunciou o sequestro.

Alencar naquele momento acreditou que fosse o choro da sua filha. O bandido perguntou qual era a profissão dele. Alencar respondeu: “Sou o vice-presidente da República”. Mesmo duvidando, o farsante exigiu R$ 50 mil de resgate. O vice-presidente só não pagou o dinheiro pedido porque se aproximaram dele as outras filhas e fizeram contato com Maria da Graça, que era a filha que ele imaginava estar em mãos dos criminosos.

Há vários anos o golpe do falso sequestro faz vítimas no Brasil e a polícia ainda não descobriu meios de acabar com essa modalidade de crime que pega muita gente desprevenida, até o vice de Lula.

Mas os golpes vão muito além. A Polícia Civil do Rio cumpriu anteontem mandados de busca e apreensão em clínicas particulares em São Gonçalo, Estado do Rio, por suspeita de os diretores dessas clínicas terem criado pacientes fictícios para fraudar o SUS (Sistema Unificado de Saúde), com comprovantes de atendimentos falsos, que teriam provocado um rombo de R$ 200 milhões nos cofres públicos.

Quer mais golpe ainda? Um kit completo em formato de DVD, para falsificar documentos, de certidão de nascimento a contas bancárias, foi descoberto no Rio Grande do Sul, já tendo provocado desfalque em contas bancárias e em cartões de crédito de um grande número de pessoas, causando transtornos de toda espécie.

Os golpes no Brasil não param de nascer, crescer, florescer. Corta-se um aqui, aparecem dez ali, mais engenhosos que os anteriores. Quando essa indústria do crime passará a ser atacada pra vale? Boa pergunta. A resposta precisa aparecer com a máxima rapidez. Os golpistas são rápidos e contam com a lentidão do Poder Público para se dar bem. E proliferam mais do que coelhos.

Quase todo dia, no jornal e na TV, aparece um golpe novo que está sendo aplicado. Fora os golpes velhos, que continuam em cartaz enganando muita gente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 193 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal