Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/04/2010 - SRZD Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Deputado que colocava dinheiro nas meias tem bens bloqueados

Por: Valdeci Rodrigues


O ex-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal Leonardo Prudente (sem partido, ex-DEM) teve os bens bloqueados pela Justiça nessa quinta-feira.

Famoso por ter aparecido em vídeo colocando maços de dinheiro nos bolsos do paletó e nas meias, Prudente está com todos os bens indisponíveis.

Estão bloqueados todos os bens móveis, títulos de crédito, veículos, barcos, semoventes e aeronaves, por determinação da Justiça.

O bloqueio é medida preventiva como garantia de possível devolução aos cofres públicos de mais de R$ 6 milhões.

O montante teria sido roubado do contribuinte.

É uma ação de improbidade administrativa contra Prudente, que renunciou ao mandato para não ficar inelegível.

Mas se for condenado, além do dinheiro que terá de devolver, perderá os direitos políticos por dez anos.

De acordo com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), de 2006 a 2009, período de campanha e de exercício de mandato de deputado distrital, o patrimônio de Prudente teria sido aumentado com roubo de verbas de gabinete e fraudes contratuais.

"Os vídeos e depoimentos colhidois até o momento demonstram que os mensalões eram pagos com a utilização de recursos públicos obtidos por meio do esquema de fraude às contratações públicas do GDF montados pela quadrilha", informaram os procuradores que propuseram a ação.

Na decisão do juiz Álvaro Luís Ciarlini, da Segunda Vara de Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, cabe recurso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 220 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal