Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/04/2010 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suspeita de fraude em prova adia formatura de policiais militares

Por: Silvana de Castro

Solenidade, que seria realizada hoje em Três Passos, foi cancelada pelo Comando-geral da Brigada Militar.

Das 36 turmas de novos soldados da Brigada Militar, uma não se formará no tempo previsto. Após indícios de que o resultado da prova final havia vazado em Três Passos, no Noroeste, o Comando-geral determinou a suspensão da formatura.

A solenidade ocorreria às 9h de hoje. A previsão era de que, até sábado, os 3.736 alunos do Curso Básico de Formação Policial Militar estivessem aptos. Uma sindicância foi aberta e um inquérito instaurado para apurar a suposta fraude. A desconfiança começou quando um fiscal encontrou seis folhas de caderno com os resultados da prova, realizada no dia 15. O material estava em uma mesa onde os alunos deixaram seus pertences enquanto respondiam às 50 questões.

– A sindicância apontou indício de crime militar. Mas necessitamos fazer exame grafoscópico (para analisar a autoria dos escritos) – diz o coronel Atamar Cabreira, responsável pelo Comando Regional de Polícia Ostensiva da Fronteira Noroeste (CRPO).

Inquérito vai apurar se servidor quebrou o sigilo

Conforme o comandante, no mínimo seis alunos podem estar envolvidos. Um inquérito foi instaurado para apurar o crime militar, já que um servidor pode ter infringido o sigilo. As provas, aplicadas em todo o Estado, foram buscadas em Porto Alegre, por um tenente. É a nota nessa prova que determina a classificação do policial.

Enquanto a investigação não é concluída, os alunos seguem trabalhando, com a supervisão do comando. Após a formatura, seriam distribuídos entre os 20 municípios do batalhão local.

– A formatura fica suspensa até o término da investigação. Depois vamos decidir se será para todos ou para alguns – explicou o comandante-geral da BM, coronel João Carlos Trindade.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 187 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal