Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/04/2010 - IDG Now! Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dados de contas bancárias valem até US$ 850 para o cibercrime

Por: Daniela Braun

Números de cartões de crédito e de contas bancárias representaram 38% dos dados vendidos por criminosos virtuais em 2009, informa Symantec.

Dados de cartões de crédito, de contas bancárias e de e-mail roubados na rede por meio de golpes e invasões são os itens mais valiosos no mundo do cibercrime, informa o 15º Relatório Symantec de Ameaças à Segurança na Internet (Internet Security Threat Report) divulgado nesta terça-feira (20/4). Na avaliação da Symantec, a crise econômica global não interferiu no crescimento geográfico e financeiro do cibercrime em 2009.

Os dados de cartões de crédito roubados por meio de invasões ou golpes online representaram 19% das informações comercializadas por uma média de 85 centavos de dólar a 30 dólares entre criminosos virtuais no ano passado - uma queda expressiva em relação aos 32% registrados em 2008.

Informações de contas bancárias, que podem valer de 15 dólares a 850 dólares no mercado negro, representaram 19% dos dados vendidos, em 2009, enquanto contas de e-mails, usadas para promover golpes, ficaram com 7% de participação neste setor, sendo avaliadas de 1 dólar a 20 dólares pelos criminosos virtuais.

De acordo com o estudo 74% das marcas utilizadas em ataques de phishing era do setor financeiro em 2009, uma ligeira queda em relação aos 79% registrados em 2008. Em segundo lugar, os alvos mais frequentes de golpes são empresas de provimento de acesso à internet (9%) e de varejo (6%).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 161 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal