Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/04/2010 - Económico Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Caso Goldman pode ajudar Obama na reforma da regulação financeira

Por: Marta Reis

Conselheiros políticos de Obama tentam aproveitar caso contra banco.

A regulação e supervisão financeiras voltaram na semana passada a concentrar atenções e a dominar o discurso político nos Estados Unidos. Em causa está a acusão da Securities and Exchange Commission (SEC) à Goldman Sachs o que permitiu o secretário de Estado do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner, mostra-se confiante em que a reforma vá ter "luz verde".

A Securities and Exchange Commission (SEC) acusou a Goldman Sachs, assim como um dos vice-presidentes do banco de investimento de, alegadamente, terem cometido fraude. Este processo movido pela entidade supervisora do mercado de capitais norte-americano trouxe de novo à discussão a revisão da regulação da indústria financeira nos Estados Unidos.

Entretanto, os conselheiros políticos de Obama estão a tentar aproveitar o processo da SEC contra a Goldman Sachs, para promover a necessidade de uma reforma na regulação da supervisão financeira. Numa pesquisa no motor de busca Google por "Goldman Sachs SEC" surge um anúncio intitulado "Ajude a mudar Wall Street" e que é patrocinado pela Organização para a América- braço político oficial do presidente Barack Obama fora da Casa Branca, noticiava ontem a Bloomberg. "Ajude o presidente Obama a reformar Wall Street e a criar empregos", diz o anúncio.

Secretário de Estado optimista

Timothy Geithner disse, no programa "Meet the Press", do canal de televisão NBC, acreditar que a reforma avance finalmente. "Penso que vamos ver Republicanos e Democratas a unirem-se e a aprovarem grandes reformas", afirmou o secretário de Estado, citado pela Bloomberg. A Administração Obama precisa do apoio dos Republicanos para conseguir para as alterações, que estão pendentes no Congresso. "Passei muito tempo com os Republicanos e acredito que estamos muito próximos neste assunto", acrescentou.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 156 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal