Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

20/04/2010 - Jornal Pequeno Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Seis pessoas são presas com documentos falsos na capital

Por: Saulo Maclean


Seis pessoas foram presas, no fim da manhã de ontem, no Centro de São Luís, acusadas de falsificar documentos para tentar adquirir, indevidamente, aposentadorias do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A prisão dos acusados, sendo estes dois homens e quatro mulheres, ocorreu no Instituto de Identificação, localizado ao lado do 1º Distrito Policial, onde os acusados foram encaminhados, e autuados em flagrante por “uso de documentos falsos”.

Na lista de conduzidos estão Salustriano Neves, 49 anos, José Ribamar Sousa, 45 anos, Lucenilda Carvalho, 66 anos, Maria Inês Santos Pizon, 51 anos, Florinda Trindade Ribeiro, 51 anos, e Cristina Araújo, 67 anos. Provenientes do interior do Maranhão, de municípios como Pinheiro, Miranda do Norte e Itapecuru, por exemplo, todos foram apresentados pelo delegado Joviano Furtado. “Estas pessoas estavam falsificando certidões de nascimentos para conseguir o benefício”, explicou o delegado.

“No conteúdo, além dos nomes falsos, havia também as datas de nascimento alteradas de forma que os golpistas aparentassem ter uma idade mais elevada da verdadeira e, assim, obter mais facilmente a aposentadoria. O que também chamou a atenção para a descoberta da fraude foi o fato destas pessoas sequer decorarem os próprios nomes falsos. Na hora de retirar o Registro Geral (RG), eles nem sabiam o que estava escrito no papel”, revelou Furtado.

A polícia investiga agora a participação dos chamados “cabeças do esquema”. Segundo o titular do 1º DP, o grupo certamente pode ter sido aliciado por outras pessoas que conhecem o procedimento de concessão de benefício por parte da autarquia do Governo Federal. Se confirmada a participação dos aliciadores, o caso pode seguir para a competência da Superintendência da Polícia Federal, já que envolve crime contra a Previdência Social.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 231 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal