Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


FALSIDADE DOCUMENTAL NOS PROCESSOS ELETRÔNICOS

Veja aqui a programação deste inédito treinamento programado para o dia 20/12 em São Paulo

Acompanhe nosso Twitter

16/04/2010 - O Globo Online / Valor Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Escândalo do Goldman Sachs derruba bolsas europeias

Por: Téo Takar


SÃO PAULO - As bolsas europeias fecharam com quedas expressivas nesta sexta-feira, afetadas pelas notícias sobre fraudes praticadas pelo banco americano Goldman Sachs.

O FTSE 100, de Londres, perdeu 1,39%, para 5.744 pontos; o CAC 40, de Paris, recuou 1,94%, para 3.987 pontos; e o DAX, de Frankfurt, caiu 1,76%, para 6.181 pontos.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) fez acusações de fraude civil contra o Goldman Sachs e um dos vice-presidentes da instituição.

A SEC alega que o banco vendeu títulos complexos de hipotecas subprime e falhou na apresentação aos investidores quanto ao fato de que um grande fundo de hedge apostou contra os títulos.

O Goldman divulgou breve nota afirmando que as acusações de fraude são"completamente infundadas, em fato e em direito". O grupo disse que vai"contestar vigorosamente"as acusações e"defender a empresa e sua reputação".

A notícia afetou os papéis do setor bancário na Europa. Deutsche Bank recuou 7,3% e HSBC caiu 1,6%.

Entre os indicadores do dia, os investidores acompanharam o índice de preços ao consumidor na zona do euro, que subiu para 1,4% no acumulado de 12 meses até março, superando a taxa de fevereiro, de 0,9%. Na União Europeia, a inflação anual ficou em 1,9% em março, acima dos 1,5% de fevereiro.

O setor aéreo continuou em destaque, por conta do fechamento de grande parte do espaço aéreo europeu, em função da nuvem de cinzas provocada por uma erupção vulcânica na Islândia. Lufthansa perdeu 3,0% e Air France recuou 3,4%.

A agência europeia para segurança aérea espera que 12 mil voos sejam operados hoje no espaço aéreo europeu. Em um dia normal, a estimativa ronda 28 mil voos. Ontem, foram registrados 20.334 voos.

Entre as poucas altas do dia, Carrefour subiu 1,9%. A maior varejista da Europa apresentou aumento de 5,5% em sua receita no primeiro trimestre, para 1,6 bilhão de euros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 214 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal