Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/04/2010 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Celpa vai caçar com rigor fraudadores de energia


Empossado anteontem no cargo, o novo vice-presidente da Celpa, Flávio Decat, apontou ontem como prioridades de sua gestão a melhoria da qualidade do fornecimento de energia para o consumidor paraense, investimento pesado no interior, para levar energia a todo o Estado, e o combate à perda e ao roubo de energia. “É um absurdo que uma empresa como a Celpa tenha 36% de energia furtados ou perdidos”, afirmou Flávio Decat.

Isso significa, conforme frisou, que a empresa está perdendo mais de um terço de toda a energia que entra no seu sistema de distribuição. “E um ponto importante a ser considerado é o fato de que quem paga por esse roubo é o consumidor”, assinalou. De acordo com seu vice-presidente, a Celpa vai começar pela detecção dos grandes fraudadores o trabalho de combate ao roubo de energia, para mais tarde chegar também aos pequenos fraudadores.

“Nós vamos combater o roubo, e queremos primeiro o gato gordo. O gato pequeno virá depois”, afirmou Flávio Decat, numa clara referência a empresas e condomínios de luxo que eventualmente estiverem fraudando o consumo de energia. “Um condomínio ou uma empresa sempre consomem muito mais. Assim, quando praticam uma fraude, eles estão fraudando por milhares de consumidores”, disse ele. “E isso nós vamos combater fortemente”, reiterou.

Com 40 anos de carreira e um currículo invejável, Flávio Decat é considerado um dos mais talentosos e competentes técnicos brasileiros do setor elétrico. Esta, por exemplo, é a avaliação que faz dele o engenheiro José Antonio Muniz Lopes, atual presidente da Eletrobrás, empresa onde ocupava o cargo de diretor de distribuição antes de se transferir para a direção da Celpa.

Ainda como diretor da Eletrobrás, Flávio Decat acumulava o cargo de presidente de empresas distribuidoras, todas elas federalizadas, em seis Estados brasileiros – Piauí, Amazonas, Roraima, Rondônia, Acre e Alagoas. Seu currículo carrega ainda, antes de sua chegada à Eletrobrás, passagens por outras importantes funções em grandes empresas do setor elétrico, como diretor financeiro da Cemig, presidente da Eletronuclear, presidente também da Gasmig (distribuidora mineira de gás) e diretor técnico da Itaipu Binacional.

Flávio Decat e a presidente da Rede Energia, Carmem Campos Pereira, fizeram ontem uma visita de cortesia ao DIÁRIO, onde foram recebidos pelo diretor-presidente Jader Barbalho Filho. Com eles estavam também o ex-vice-presidente da Celpa, José Alberto Alves Cunha, que permanece na empresa integrando o seu Conselho Administrativo, e o ex-diretor de comunicação e marketing, João Bosco Gomes, que hoje atua na Celpa como consultor.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 194 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal