Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/04/2010 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presa quadrilha que clonava cartões em Taboão da Serra

Por: Débora Miranda

Nove homens são suspeitos de furtar dinheiro com ajuda de comerciantes. Polícia diz que criminosos trocavam máquinas originais por adulteradas.

Nove homens foram presos na manhã desta quinta-feira (15) na Operação Corsários, promovida pela Polícia Civil de Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Eles são acusados de fazer parte de uma quadrilha que clonava cartões de crédito e, depois, com a colaboração de comerciantes, furtava grandes quantidades de dinheiro.

De acordo com Raul Godoy Neto, delegado-titular do Setor de Investigações Gerais da Delegacia Seccional de Taboão da Serra, o golpe começava quando integrantes da quadrilha iam a estabelecimentos comerciais, se fazendo passar por técnicos de empresas de cartão, e trocavam as máquinas originais pelas adulteradas.

As máquinas instaladas copiavam e arquivavam os dados dos clientes. Depois de cerca de dez ou 15 dias, um integrante da quadrilha voltava ao local e recuperava o equipamento. Os dados dos clientes eram descarregados em computadores, e os cartões, clonados.

Ainda de acordo com a polícia, os criminosos pouco utilizavam os cartões para compras pessoais – a maioria do dinheiro ganho pela quadrilha vinha das próprias empresas dos cartões. Os suspeitos fariam acordos com comerciantes, que passavam os cartões como se houvesse sido feita alguma compra, e quando eram pagos pelas empresas, dividiam o dinheiro com os ladrões.

A polícia cumpriu nesta manhã mandados de busca e apreensão em São Paulo e na Grande São Paulo, nas residências dos acusados e também em comércios. Apreendeu uma grande quantidade de equipamentos de falsificação, entre máquinas, cartões em branco, cartões clonados, computadores, celulares e armas.

Os nove integrantes da quadrilha respondem pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha, furto, falsificação de documentos e uso de documentos falsos. A polícia ainda não tem ideia há quanto tempo o golpe é dado nem quanto dinheiro pode ter sido roubado no esquema. A suspeita é que, além de São Paulo e Grande São Paulo, os criminosos agiam também em outras cidades do Brasil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 227 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal