Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/04/2010 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia procura quadrilha que frauda compra de material hospitalar

Fraude foi descoberta no Hospital Salgado Filho, no Méier. Polícia Civil cumpre 15 mandados de busca e apreensão.

Policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Saúde Pública (DRCCSP) realizam desde a madrugada desta quinta-feira (15) uma operação para desarticular um grupo responsável por fraudes na área de saúde no Rio. Ao todo, a polícia pretende cumprir 15 mandados de busca e apreensão nas residências, consultórios, empresas dos suspeitos.

De acordo com a polícia, a quadrilha forjava documentos referentes à compra de material médico, como espirais de platina, usadas em cirurgias para conter aneurismas cerebrais, no Hospital Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte.

Segundo a polícia, a investigação mostrou que o grupo é formado pelo dono da empresa que representa o fabricante do material, o gerente geral da empresa, um médico responsável pelo controle de compras do hospital, um vendedor, o chefe e o assistente do setor de neurologia do hospital, entre outras pessoas.

A quadrilha fraudava o prontuário médico de pacientes que se curavam espontaneamente do aneurisma, dizendo que nele tinham sido implantadas as espirais de platina. Com isso, a quantidade de material comprado sem licitação aumentava muito. O grupo ficava com 15 a 25% do valor de cada espiral comprada pela prefeitura.

A prefeitura pode comprar sem licitação até 12 espirais. Mas para que um único paciente necessite de tantas espirais, é preciso que ele tenha um aneurisma muito grande. Segundo levantamento feito pela polícia, em praticamente todos os procedimentos feitos no Salgado Filho eram implantadas 12 espirais em cada paciente.

A delegacia já identificou pelo menos três pacientes que fizeram todo o procedimento cirúrgico, mas que não tiveram o material implantado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 593 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal