Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/04/2007 - Tribuna Catarinense Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso trio que aplicava o golpe do "três por um"

Por: Anita Souza


Um trabalho conjunto entre a Polícia Civil das cidades de Balneário Camboriú, Itajaí, Gaspar, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz e Deic, resultou na prisão de Dalmiro de Castro Brasil, 57, Fabiana Zeferino, 29, e João Vivalvino Córdoba Lottin, 43. Eles são acusados de aplicar o golpe três por um - que consiste em ludibriar a vítima com a falsa promessa de vender dinheiro falso.
Após três meses de investigações, o delegado Rodrigo Falck Bortolini, de Santo Amaro de Imperatriz, levantou o paradeiro dos estelionatários que haviam aplicado golpes em moradores daquela região, e informou o fato aos policiais da Central de Polícia de Investigação de Balneário Camboriú. Após conseguir um mandado de prisão contra quatro acusados, um ainda não encontrado. Cerca de 20 policiais estiveram de campana durante toda a noite de terça-feira e o dia de ontem, no encalce de Dalmiro, Fabiana e João.
O primeiro a ser preso foi João, por volta das 14h30, em um posto de combustíveis localizado às margens da BR 470, em Navegantes. Cerca de meia hora depois, Dalmiro e Fabiana foram presos nas proximidades do trevo da cidade de Gaspar, quando tentavam fugir.
Os golpistas foram presos logo após tentarem realizar mais uma transação com uma das vítimas. Um homem de 52 anos, morador da cidade de Rancho Queimado, já havia entregue aos estelionatários a quantia de R$ 168 mil, e haviam marcado tal encontro para que a vítima entregasse mais R$ 22 mil. De acordo com o delegado Carlos Dirceu, de Itajaí, que também participou da operação, os golpistas teriam falado que as cédulas tinham sido danificadas durante o processo de fabricação, e que por isso precisariam de mais dinheiro para comprar junto a funcionários do Banco Central, mais células para impressão.
"Eles apresentavam certa quantia de dinheiro quente, e diziam que era falso. Pediam três por um, mas quando a vítima entregava o dinheiro para a suposta compra do material, eles desapareciam com o dinheiro. Na verdade, nunca existiu dinheiro falso", explica o delegado.
Para ganhar a confiança das vítimas, o policial relatou que Dalmiro se fazia passar por advogado, de nome Valmir, e que durante a transação entre vítima e o outro golpista, ele chegava na companhia de Fabiana, que dizia chamar-se Samira, com uma maleta cheia de dinheiro, para dar a entender que também estava ali para comprar dinheiro falso.
Com o trio de estelionatários, os policiais apreenderam a quantia em dinheiro de R$ 13.670 e alguns talonários de recibos.
De acordo com o delegado Renato Mattos, da Central de Polícia, os três já tinham passagem por estelionato.
Fabiana já é velha conhecida da Polícia Civil, por aplicar o mesmo tipo de golpe. Seu pai, Alcides Zeferino, está recluso no Presídio de Blumenau, por também ter sido acusado do mesmo crime. O marido de Fabiana também participava da quadrilha e foi morto há cerca de sete meses.
Os delegados que atuaram na operação disseram que as vítimas caem neste tipo de golpe porque são vítimas da própria ambição.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1158 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal