Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/04/2010 - Gazeta de Alagoas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falso policial civil é preso pelo BPE

Por: Dulce Melo

Abelardo Belarmino e um amigo foram surpreendidos no Jacintinho.

No início da madrugada desta quinta-feira (08), policiais do Batalhão de Eventos (BPE)prenderam dois homens no bairro do Jacintinho, em Maceió. Um deles portava documento falso de agente da Polícia Civil. Na casa do suspeito, a Polícia Militar encontrou mais documentos.

A tentativa de ludibriar os militares da guarnição Guardiã Comando não deu certo para um homem que se apresentou como agente Abelardo Belarmino de Amorim Lins. "A carteira funcional está em nome do Abelardo, ele tentou se passar por agente de segurança pública quando na verdade não é. Então tivemos de fazer a detenção"- explica o tenente PM Andrade.

O falso policial estava em companhia de um amigo, cujo nome não foi divulgado, ambos trafegando no veículo modelo Corsa Classic, de cor prata e placa MZT-3705, de Aracaju.

"Eles não têm nenhum documento do veículo também", ressalta o oficial Andrade.

Uma equipe da Operação Asfixia chegou a ir ao local com o intuito de ver se o homem preso era de fao, ou não, integrante da sua instituição e confirmou que Abelardo Belarmino não pertencia ao quadro de servidores da Polícia Civil.

Mais documentos falsos

Na casa de Abelardo Belarmino, na Rua Santo Antônio, próximo à Grota do Cigano, os policiais do BPE encontraram cerca de cinco identidades falsas em nome do falso policial civil. Segundo o tenente PM Andrade cada de um estado diferente.

"As fotos são dele, inclusive com as perfurações colocadas nas identidades originais. Porém, os nomes nos documentos são de pessoas diferentes"- conclui o oficial.

De Alagoas foram encontradas na casa do suspeito as identidades em nome de Pedro Cavalcante Neto, Adilson de Souza Ferro e José Edmilson de Lima Duarte. Em nome deste também havia um CPF.
Já da Paraíba estavam com ele as identidades com os seguintes nomes: Josivando dos Santos Francisco, dele também um CPF; e Adailton José Ferreira de Lima. Em nome deste último a polícia encontrou um talão de cheque em branco, porém assinado.

Além disso "Abelardo" portava uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em nome de Maria Andréa da Silva Rêgo. Os policiais acreditaram que os documentos sejam roubados.

Em depoimento, acusado diz que encontrou documentos 'pela rua'

Após ter sido autuado em flagrante por tentativa de estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso, podendo cumprir pena de 1 a 6 anos de prisão, 'Abelardo Belarmino' informou, em depoimento ao delegado Gustavo Carvalho, que não tinha parentes no Instituto de Identificação e havia encontrado os documentos nas ruas. Além de cinco identidades falsas, o acusado tinha ainda dois documentos de CPF e talões de cheque. Ele informou, ainda, que estava indo prestar socorro a uma criança quando foi abordado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 305 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal