Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/04/2010 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia dá dicas de como evitar clones de cartão de crédito

Em Pernambuco, policiais civis estão sendo treinados por técnicos de operadoras de cartão de crédito para identificar este tipo de fraude.

Fazer compras e pagar com cartão de crédito é, para muitos consumidores, uma solução rápida, moderna, evita filas. Mas se a pessoa vacilar, os bandidos entram em ação e se aproveitam: clonam, ou seja, copiam as informações dos cartões e dão grandes golpes. Em Pernambuco, policiais civis estão sendo treinados para identificar as fraudes.

“A capacitação tem como objetivo maior estreitar os laços com as operadoras de cartões de créditos para melhorar o fluxo de informações no intuito de combater este tipo de crime”, explicou o gestor do Departamento de Investigação de Crime Contra o Patrimônio (Depatri), Antônio Barros.

Este tipo de crime normalmente é percebido quando o proprietário recebe a fatura do cartão. A indicação da polícia, é que o dono procure o Depatri e registre boletim de ocorrência. Munido com este documento, o próximo passo é procurar a administradora do cartão de crédito e negociar a restituição do dinheiro roubado.

“Para minimizar os riscos de sofrer um clone é importante que o consumidor nunca perca de vista o cartão de crédito. Sempre acompanhe as transações, pois num breve instante de tempo ele pode ser clonado. Na internet, o procedimento básico é não entrar em sites desconhecidos para evitar ser infectado com vírus que conseguem capturar as senhas dos cartões”, disse Antônio Barros.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 188 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal