Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


ÚLTIMOS TREINAMENTOS DE 2018 SOBRE FRAUDES E FALSIFICAÇÕES
Veja AQUI programação e promoções dos últimos treinamentos de 2018 da DEALL R&I
sobre Fraudes e Falsificações nos dias 14, 22 e 29 de novembro.


AFD SUMMIT
A maior Conferência de Investigação Corporativa & Perícia Forense da América Latina.
São Paulo dias 08-09 de dezembro de 2018


Acompanhe nosso Twitter

10/04/2007 - Último Segundo / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falso padre é preso no aeroporto de Cumbica com três quilos de cocaína


São Paulo, 10 abr (EFE).- Um falso sacerdote foi detido na noite da segunda-feira no aeroporto internacional de São Paulo quando ia viajar para a África do Sul com três quilos de cocaína nos seus sapatos, informaram hoje as autoridades.

O Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil de São Paulo anunciou hoje que Rubens Miguel da Silva, de 27 anos, foi detido antes de embarcar no vôo para Johanesburgo, depois de uma investigação durante o dia.

O falso padre, que levava bíblias e catecismos, tinha escondido a droga entre seus sapatos e em bolsas amarradas nas panturrilhas, e alegou ter aceitado servir como "mula" em troca de uma promessa de emprego na África do Sul.

As autoridades investigavam Rubens há dias por fraude e deixaram que ele entrasse em contato com uma rede nigeriana que envia droga colombiana e boliviana para a África através do Brasil.

Os agentes da Denarc seguiram Rubens desde que ele saiu da casa dos nigerianos na zona norte de São Paulo, já vestido de religioso, até o aeroporto.

Se for condenado, o rapaz pode pegar uma pena de 3 a 15 anos de prisão, como estipulado na lei brasileira de tráfico internacional de drogas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 421 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Divulgação





NSC / LSI
Copyright © 1999-2018 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal