Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/04/2007 - Jornal da Mídia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

TCU aponta fraudes em licitações da Infraero


Brasília - Caso o Supremo Tribunal Federal (STF) decida pela instalação da CPI do Apagão Aéreo na Câmara, uma das principais fontes de informação para a investigação deve ser um minucioso relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) apontando indícios de irregularidades em licitações para a contratação de agências de publicidade pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Segundo o jornal Folha de S. Paulo, teriam ocorrido fraudes na contratação das agências Artplan e Signo Comunicação.

O relatório do TCU é o resultado de auditoria realizada em 2005 a pedido da CPI dos Correios. A Signo - cujo dono, Anderson Pires, trabalhou na campanha do PT para a prefeitura de João Pessoa no mesmo ano em que a agência ganhou a conta da Infraero – teria sido beneficiada por uma nota superior à pontuação máxima no quesito "Idéia Criativa". Dos 20 pontos disputados, ela recebeu impossíveis 21.

"Sem esse um ponto a mais, a Signo fica em empate com a 3ª colocada", diz o relatório do TCU. "Já fui petista, já militei no movimento estudantil, mas hoje não tenho vinculação a partido nenhum", defendeu-se Anderson Pires, que nega favorecimento à Signo. A infraero também diz que não há irregularidades na licitação

A Signo divide com a também investigada Artplan uma verba de R$ 15 milhões por ano. No caso da segunda agência, o TCU entendeu que a prorrogação do contrato ocorreu fora do prazo. "Correto é o entendimento de que houve recontratação sem licitação, com efeitos retroativos", diz o relatório. A agência nega.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 351 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal