Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/04/2010 - Geek Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Games: verdadeiros ou falsos?

Por: Guilherme de Castro Uzeda

”Games: mais vantagem comprá-los verdadeiros ou pirateados?”

Um assunto um tanto quanto polêmico que vem sendo discutido ultimamente é a pirataria de games. As produtoras de jogos virtuais tentam se proteger cada vez mais contra a falsificação, mas às vezes parece que toda a proteção do mundo contra os cracker’s é insuficiente.

Por que crackear um jogo no pc e por que desbloquear um console para rodá-lo pirata? Essa indagação tem uma simples resposta: porque games normalmente tem um preço muito elevado. Pense bem, quantos jogos você já jogou na sua vida? Pagou o preço de mercado em todos eles? Quanto gastou com tudo isso? Vamos supor que uma pessoa jogue um game (bom) por mês (chutando bem baixo) e que faça isso durante 12 anos de sua vida e que todos os jogos que ela jogou fossem comprados ao preço de mercado até duas semanas após seu lançamento (isso custa cerca de R$100,00 para pc). Então ela gastaria nesses 12 anos aproximadamente R$14400,00 (isso em jogos de pc, de Xbox360 e Ps3 seria mais)! Por isso que os jogos piratas são a “salvação” para gamers que como eu não tem vontade nem fundos para gastar tanto!

Se os games custam absurdos por que comprar-los? Apesar dessa resposta não ser tão simples ainda é obvia: porque jogos piratas são ilegais! Além disso, muitas vezes, apenas os jogos legalmente distribuídos podem te dar acesso aos downloads, atualizações e até mesmo à possibilidade de jogar online (não que algumas dessas coisas não se possam conseguir na internet). Sem falar que o game original, depois, pode ser trocado ou vendido. Além do mais, você poder dizer para seus amigos: “Mas o meu jogo é original!”. Mas os games não precisam custar tanto assim, eletrônicos em geral, no Brasil, são vendidos com muitos impostos sobre seus preços

Então? Qual vale mais a pena? Particularmente eu acho que comprar o original me dá mais vantagem e eu não me sinto culpado, mas isso depende do seu bolso e de sua consciência. O ideal é comprar sempre original, mas se você não puder…..

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 216 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal