Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/04/2010 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos suspeitos de estelionato e falsidade ideológica na CIC

Mulher contratou a dupla para que reformasse sua residência.

Policiais do 11º Distrito Policial de Curitiba prenderam na quarta-feira (31) dois homens suspeitos de estelionato e falsidade ideológica. De acordo com o delegado Gerson Alves Machado, um deles se passava por engenheiro enquanto o outro fingia ser fiscal da Secretaria Municipal de Urbanismo de Curitiba. Uma mulher contratou a dupla para que reformasse sua residência por R$ 6.750. Ela desconfiou dos falsos profissionais e foi até a regional da Prefeitura da Cidade Industrial de Curitiba (CIC) onde constatou que os dois se tratavam de impostores.

Na companhia de outras duas vítimas a mulher foi até o 11º DP, no último dia 29 de março, onde se iniciou a investigação. A dupla teria cobrado valores variando entre R$ 1 mil a R$ 1750. Nesta quarta-feira os policiais receberam a informação de que o homem identificado como Reginaldo Pilar Cabral, 52, cuja verdadeira identidade está sendo verificada pela polícia, e o outro Jonny César Ferreira, 39 anos, iriam até o Conjunto Caiuá na CIC atender uma pessoa interessada no trabalho deles.

Os policiais foram até o local e abordaram a dupla que foi encaminhada ao Distrito. Na Delegacia constatou-se que Cabral tem dois registros de identidades emitidos no Paraná com filiações diferentes e um terceiro no Rio Grande do Sul. Além disso ele responde por 16 inquéritos por estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos e posse e uso de documentos falsos. Foi confirmado que ele não é engenheiro cadastrado no CREA-PR e que usava ainda uma identificação falsa em nome de Octavio Paes Pereira.

O outro envolvido era responsável por “fiscalizar” a obra a ser executada pelo falso engenheiro. Sem antecedentes criminais, Ferreira foi autuado por estelionato e co-autoria nos crimes praticados por Cabral.

Segundo as quatro vítimas que compareceram ao Distrito, existem outras pessoas lesadas pela dupla. A polícia pede que todas as vitimas entrem em contato com o 11º DP com documentos que comprovem os golpes. Os telefones para contato são 3347-1122 e 3347-1608.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 198 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal