Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/04/2007 - A Notícia Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia indicia 6 por fraudes no Detran


Seis pessoas foram indiciadas criminalmente por formação de quadrilha e inserção de dados falsos (artigos 288 e 313-A) no esquema de "transformação" de carretinhas (usadas para puxar barcos) em carretas. Mais de 1,4 mil páginas serão encaminhadas ao Fórum Criminal na próxima semana pela Delegacia Fazendária. Com a fraude, possível por meio da inserção de dados forjados perante o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT), instituições bancárias foram lesadas em quase R$ 1 milhão.

Respondem pelos crimes o empresário Aparecido Mateus, Noézio Peres da Costa; o ex-diretor de Veículos do Detran, Dakari Tessman; o ex-despachante Mário Mancuso, Alessandro Souza e Silva e Mauri Castro Souza. Os dois últimos não foram localizados pela Polícia Civil para prestarem depoimento.

Noézio e Mário confirmaram o esquema e deverão receber o benefício da delação premiada (caso sejam condenados poderão ter a pena reduzida por colaborarem nas investigações). Dakari nega envolvimento e argumenta ter sido levado a erro.

As investigações revelam que Noézio era a pessoa encarregada de comprar as carretinhas e trazê-las para Cuiabá. Em alguns casos, ele usava o nome de Aparecido para efetivar o negócio. Em Mato Grosso, ele entrava em contato com Mário (despachante), que regularizava a documentação, em muitos casos, em nome de "laranjas", que seriam cobrados pelas instituições bancárias após o grupo conseguir o financiamento por um bem que só existiu no papel.

Paralelamente aos trabalhos da Polícia Civil, a Corregedoria do órgão permanece analisando cerca de 1,9 mil inserções de dados.

A amostragem feita até agora em 100 operações demonstrou que em 14 houve a fraude. A estimativa da Polícia Civil é que o bando atuou por pelo menos nove meses.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 426 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal