Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/03/2010 - V News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Na região, falsos recibos médicos estão entre os delitos mais comuns na declaração de Imposto de Renda

Declaração deve ser entregue até dia 30. Para correção deve ser feito agendamento.

A Receita Federal está de olho nas informações enviadas pelos contribuintes. Em São José dos Campos, a maioria das fraudes é em relação a falsos recibos médicos e escolares.

O contador Bruno Cardoso vai fazer a declaração do Imposto de Renda de 50 clientes, mas até agora só 10 foram enviadas. "Tem que organizar, trazer todos os informes de rendimentos, despesas odontológicas, despesas com médicos...", diz o contador. E esse ano surgiu uma dúvida entre os contribuintes. "A gente teve uma surpresa essa ano com a Nota Fiscal Paulista. Até a semana passada aqui no escritório a gente não estava sabendo que teria que informar isso nas declarações", diz Bruno.

Segundo o auditor fiscal, Ronie Ainbinder, será preciso declarar o valor recebido da Nota Fiscal Paulista. "Isso entra na declaração apenas a título informativo, isso não vai gerar imposto a mais a pagar nem imposto a menos a pagar", diz o auditor fiscal Ronie Ainbinder.

A Receita Federal informou que vai intensificar a fiscalização contra os delitos mais comuns na região, que são uso de recibos médicos falsos e gastos com instrução inventados. Eles correspondem a 80% das irregularidades encontradas nas declarações na região de São José dos Campos. Segundo o superintendente regional da Receita, a multa para quem sonegar imposto será mais pesada. "A multa é de 75% sobre o valor inventado. Então aquele valor que ele tentou deduzir, sobre esse valor é aplicado uma multa e a multa é alta", diz o superintendente regional da Receita Federal, José Guilherme Antunes.

A Receita também anunciou mudanças que vão facilitar a correção das declarações já enviadas. "Ele (contribuinte) mesmo agenda o atendimento na data que ele achar conveniente junto a uma unidade da Receita Federal", diz.

Os contribuintes devem entregar a declaração até o dia 30 de abril. Para agendar a correção da declaração é preciso acessar o site da Receita Federal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 224 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal