Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/03/2010 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Apreendido ´chupa-cabra´ em caixa

A partir de denúncia de clonagem, os inspetores da DDF descobriram a leitora de dados em um caixa eletrônico.

Após uma série de denúncias que chegaram à Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) dando conta de clonagem de cartões de turistas estrangeiros e nacionais nas imediações da Avenida Abolição, os inspetores daquela especializada iniciaram uma investigação e conseguiram prender, na noite da última quinta-feira (25), um homem acusado de instalar uma leitora do tipo ´chupa-cabras´, em um terminal eletrônico dentro de um grande supermercado no bairro Meireles.

O acusado estava sob vigilância dos policiais da DDF, sob o comando do delegado Jaime Paula Pessoa Linhares, e quando aguardava dentro do supermercado o tempo necessário para retirar o equipamento, recebeu voz de prisão. "Encontramos o aparelho, conhecido como ´chupa-cabra´, mas que na verdade é uma leitora de cartões magnéticos usada pelos estelionatários para obter de forma ilegal os dados dos clientes, instalado em um terminal", disse o delegado.

Jaime Linhares afirmou que as investigações foram iniciadas após as denúncias de vítimas de clonagens de cartões. "A maioria das pessoas contava na delegacia que o último local em que elas haviam utilizado o cartão era o caixa eletrônico instalado no supermercado. Isso levantou a suspeita de que um grupo de estelionatários estaria agindo naquela região", revelou.

O acusado preso, natural de Independência, foi identificado como Douglas Moreira Teixeira, 25. Ele negou a participação no crime, mas a Polícia não tem dúvida de que ele e outro comparsa, que conseguiu fugir, sejam os responsáveis pela instalação do equipamento. Douglas foi autuado em flagrante por estelionato e também pela posse de ´apetrechos de falsificação´ (o ´chupa-cabra´).

A leitora estava equipada com uma bateria com capacidade de duração de até 40 minutos, o que segundo o delegado Jaime Linhares, é suficiente para ´roubar´ os dados de centenas de cartões de clientes, se for levado em conta a movimentação do caixa eletrônico. "Eles tem como alvo preferencial cartões de créditos internacionais, usados por turistas estrangeiros, o público preferencial daquele terminal de saque", explicou o delegado.

De acordo com o titular da DDF, os proprietários desses estabelecimentos comerciais devem ter uma atenção redobrada nessas máquinas e realizar vistorias diárias nos terminais. "Sempre observe pessoas suspeitas nas proximidades desses caixas e fique atento para a leitora de cartões.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 211 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal