Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/03/2010 - Correio de Uberlândia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusados de fraude continuam presos

Empresários são considerados maiores distribuidores clandestinos de álcool na região.

Continuam presos no Presídio Professor Jacy de Assis os empresários Ricardo Abdulmassih e Adenaisio Costa Dantas, presos na terça-feira (23), em Uberlândia, durante a Operação Tornado II, desencadeada pelo Ministério Público Estadual (MPE), Secretaria de Estado da Fazenda e Polícia Militar. Henrique Alves da Cunha Abdulmassih, também acusado de participar do esquema, continua foragido. O advogado de Ricardo Abdulmassih não foi encontrado para falar sobre o caso, ontem à tarde.

Eles são acusados de sonegação fiscal e distribuição clandestina de álcool combustível para postos varejistas em várias regiões de Minas, Goiás e São Paulo. De acordo com o MPE, os três empresários são considerados os maiores distribuidores clandestinos de álcool na região.

A Operação Tornado II tinha por objetivo o cumprimento de 26 mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva na região do Triângulo Mineiro expedidos pela Justiça. Dos 26 mandados de busca e apreensão expedidos, 19 eram para endereços localizados em Uberlândia e estão relacionados aos empresários presos e às empresas deles, que são postos de combustíveis da Rede Verde e Rede Petro Dantas.

Também foram oferecidas nove denúncias contra 16 proprietários de postos de combustíveis de Água Comprida, Ituiutaba, Ibiá, Araxá, Patrocínio e Uberaba em razão da aquisição irregular do produto de uma das quadrilhas investigadas. Entre as irregularidades detectadas durante as investigações está a retirada de álcool combustível das usinas por parte de empresas e pessoas não autorizadas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para entrega direta aos postos envolvidos na fraude, sem qualquer tipo de documentação fiscal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 496 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal