Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/03/2010 - Alagoas 24 horas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação Asfixia ‘estoura’ cassinos clandestinos e prende falsificadores no Centro

Por: Danielle Silva


Agentes da Operação Asfixia em parceria com o Disque Denúncia da Polícia Civil ‘estouraram’, na tarde desta terça-feira, 23, pelo menos cinco cassinos clandestinos e um bingo localizados nos fundos de algumas lojas, das Ruas Boa Vista, Rua Augusta e Beco São José, no Centro Comercial de Maceió. Nos locais a Polícia encontrou 60 máquinas caça-níqueis, documentos e 36 computadores.

De acordo com o coordenador da Asfixia, Daniel Pinto, as primeiras informações que chagaram a Polícia davam conta da existência de quatro pontos de jogos clandestinos nos fundos de algumas lojas. Ao chegar ao local os agentes constataram que se tratava de salas modernas de jogos em funcionamento tanto nos fundos, quanto no 1º andar das lojas, além de um bingo funcionando normalmente na Rua Boa Vista.

Em uma das lojas os policiais flagraram um rapaz falsificando carteiras de identidade. Ao perceber a presença da Polícia, o funcionário tentou eliminar as provas. “Um dos funcionários do local confeccionava uma carteira de identidade com a chancela do Instituto de Identificação. O diretor do Instituto foi acionado, acompanhou a perícia e constatou o crime de falsificação de documentos”, explicou Daniel.

Foram apreendidos os documentos e o software usado na falsificação. Questionado sobre os documentos falsos, o acusado afirmou que o programa era utilizado apenas para confeccionar carteiras de sócio torcedor para presente.

A população também participou da operação, denunciando outros dois pontos de jogos clandestinos, onde foram constatados os crimes. Em uma das lojas a Polícia encontrou um local reservado para fazer a manutenção das máquinas caça-níqueis. Até uma balança de precisão foi encontrada em um dos locais. “Acreditamos que seja utilizada para pesar drogas”, disse o coordenador da operação.

O material será encaminhado à Delegacia Geral de Polícia Civil para contagem do dinheiro. "O objetivo é contar o dinheiro na presença dos supostos proprietários e da Polícia e depois de catalogar as apreensões, encaminhar as máquinas ao depósito da Polícia Civil, onde ficarão á disposição da Justiça", esclareceu Daniel Pinto, acrescentando que todas as lojas foram lacradas.

Quanto aos proprietários dos estabelecimentos, responderão pelo crime de contravenção penal em liberdade. Já o funcionário responsável pala falsificação de documentos, será encaminhado à Central de Polícia. A Operação está sendo realizada desde às 10h.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 187 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal