Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/04/2007 - Diário News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Noivo descobre que noiva é travesti e pede dinheiro de volta


Um juiz de Jackson, nos Estados Unidos, viu-se este mês diante de um dos casos mais estranhos de sua carreira.
Ele teve que decidir se um travesti iludiu seu ex-noivo por fazê-lo acreditar que ele (o travesti) era uma mulher.

O noivo, Ferris Griggs, processou a "noiva", Josie Garcia, que também atende pelo nome de Cindy.

Griggs exigia que o nome de Cindy fosse retirado da escritura de uma casa de US$ 20 mil (R$ 41.200) que eles possuíam em conjunto.

Griggs também havia dado a sua ex-futura cara-metade um anel de noivado de US$ 2.500 (R$ 5.150). Mas não pediu a jóia de volta.

No tribunal, Cindy (que compareceu vestida de mulher) declarou que o noivo sabia o tempo todo que ela era homem, e que eles mantiveram relações sexuais freqüentes durante vários meses.

Griggs negou ter feito sexo com ela. Jurou que alguém lhe disse que sua noiva era um travesti. Afirmou ainda que foi chantageado para pôr o nome da moça na escritura da casa. Quando levou Cindy ao Texas, ele violou sua liberdade condicional de uma acusação de estupro. Foi aí, segundo ele, que a noiva ameaçou delatá-lo para o agente da condicional se ele não incluísse o nome dela na casa.

Cindy negou e garantiu que os problemas de relacionamento surgiram porque Griggs é um cara esquisitão e calado, enquanto ela é sociável e normal.

O juiz do caso, J.D. Williamson, disse em seu parecer que os dois lados têm sérios problemas de credibilidade. Mas concluiu que Cindy não cometeu fraude. E determinou que a casa seja vendida e que o dinheiro seja dividido entre os dois ex-apaixonados.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 383 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal