Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/03/2010 - Portugal Diário Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraude televisiva: notícia de invasão russa leva ao pânico

Por: Miguel Cabral de Melo

Milhares de georgianos enganados por estação que esteve 20 minutos a dar notícia falsa.

Foram momentos de susto e até de pânico para milhares de georgianos, neste sábado à noite. Uma televisão privada, apoiante do governo, esteve durante vinte minutos a noticiar que tropas russas tinham invadido a Geórgia e que o presidente Saakashvili fora assassinado. Mas afinal, era tudo falso. A fraude televisiva caiu muito mal, num país que travou uma guerra real com a Rússia há menos de dois anos.

Antes de arrancar com a falsa reportagem, a Imedi TV avisou que ia transmitir uma «imitação de acontecimentos possíveis». Mas a partir daí, tudo funcionou como se a reportagem relatasse uma invasão russa real.

O pivot «excitado» lança as supostas declarações do presidente russo, Dmitri Medvedev, dobradas para georgiano, afirmando que Moscovo lançou uma operação militar para libertar a Geórgia da tirania. O apresentador relata depois que os tanques russos já tinham entrado na capital, Tbilissi, a pedido da oposição georgiana. E que o presidente Saakashvili tinha sido morto.

As imagens eram de arquivo, as da guerra de Agosto de 2008. Para milhares em milhares de georgianos foram vinte minutos de medo e até pânico. Pessoas a abrigar-se em casa, chamadas de emergência a levarem as redes de telemóvel a ir abaixo.

Uma porta-voz do presidente Mikhel Saakashvili precipitou-se para a televisão para criticar a forma como a emissão tinha sido feita. Na rua, dezenas de georgianos expressaram a sua indignação.

Já este domingo, o presidente criticou a emissão ficcional da Imedi TV, estação que é sua apoiante. Mas Saakashvili sublinhou que o mais preocupante é a semelhança com a realidade do que vai na mente dos inimigos da Geórgia.

Mais uma farpa contra o governo russo. De Moscovo, a resposta do Kremlin foi que não comentava tais disparates.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 194 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal