Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/03/2010 - Olhar Direto Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF acredita no envolvimento de funcionário em fraude

Por: Alline Marques


A fraude e vazamento do exame da segunda etapa da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foram comprovadas e a Polícia Federal trabalha com a hipótese de que um funcionário do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), órgão responsável pela elaboração da prova, tenha retirado o exame e feito cópias. A informação é do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional de Mato Grosso (OAB-MT), Cláudio Stábile.

A segunda fase do exame foi anulada neste domingo após decisão do colégio de presidentes da Ordem, da qual Stábile participou e acabou defendendo o cancelamento das provas. O presidente da seccional de Mato Grosso, a princípio, era contrário a invalidação, pois a informação era apenas de suspeita de fraude, porém pessoas já foram presas e a quebra do sigilo das provas foi quebrada.

“Inicialmente, eu não conhecia as provas e a comprovação das fraudes e pensava apenas em uma anulação parcial na prova de penal, mas passamos o dia debatendo a fraude que está comprovada. Houve o vazamento e não há como anular apenas parcialmente porque esses candidatos ficariam com as inscrições sob judice”, afirmou em entrevista ao Olhar Direto.

Segundo Stábile, as provas devem ter vazado ao menos uma semana antes da realização das provas, pois o candidato encontrado com uma cópia da prova teve tempo de levar em uma gráfica. Além disso, não tem como garantir que o vazamento não ocorreu em outros estados devido a velocidade com que as informações são transmitidas nos dias atuais.

De acordo com as denúncias, um candidato teria tido acesso à prova antes de sua aplicação. O vazamento teria sido da prova prática de Direito Penal. O exame foi aplicado de forma unificada em todo o país. No total, 18,7 mil candidatos fizeram as provas em 155 locais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 186 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal