Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/03/2010 - Agência Financeira Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vírus Mariposa afectou 49 mil computadores em Portugal

Índia é o país mais atingido, com mais de 2,7 milhões de computadores infectados.

O vírus Mariposa foi extinto no final do ano passado, mas só agora é conhecido o balanço sobre as vítimas da botnet: e Portugal consta da lista; foram mais de 49 mil os computadores infectados em território nacional, tanto de empresas como de particulares.

Ocupando a 38ª posição, Portugal está mesmo acima de países como o Reino Unido ou a Alemanha, com cerca de 20 mil infecções cada. De facto, só em Lisboa foram atingidos 7.135 computadores, o que revela que «ainda há um longo caminho a percorrer para garantirmos níveis de segurança elevados»

Em pior situação está a Índia, o país com maior número de IP¿s afectados: mais de 2,7 milhões, o que representa 19% de todas as infecções. O México aparece em segundo lugar, com 1,8 milhões de computadores atingidos (12,85%) e o Brasil, em terceiro, com 1,1 milhões (7,8%).

Coreia, Colômbia, Rússia, Egipto, Malásia, Ucrânia e Paquistão completam o «top10» dos países com maior número de computadores alvo do ataque da botnet Mariposa. No total, foram afectados 13 milhões de computadores, em 31.901 cidades de 190 países.

Ilações a tirar deste ataque? Apesar de normalmente «os botmasters de Leste [atacarem] vítimas ocidentais», com a Mariposa «verificamos o oposto: alguns botmasters ocidentais, e muitas vítimas do Leste. A conclusão é clara: Todos enfrentamos uma ameaça comum», explica um dos responsáveis do Instituto Tecnológico da Geórgia, David Dagon.

O ataque informático massivo roubou informações sobre contas bancárias, cartões de crédito, nomes de utilizador e passwords. A extinção da botnet deveu-se à actuação concertada de diferentes especialistas de segurança e autoridades, entre as quais estão a Panda Security, a Defence Intelligence, o FBI e a Guardia Civil Espanhola.

Os utilizadores poderão efectuar um rastreio ao computador para detectar a presença do Mariposa, através do download gratuito do Panda ActiveScan.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 222 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal