Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/03/2010 - CGN - Central Gazeta de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha especializada em golpes pela internet é presa em Cascavel

Por: Patrícia Sonsin

Estima-se que há vítimas em todo o Brasil e o montante movimentado pelo grupo ainda está sendo investigado.

O GDE (Grupo de Diligências Especiais) da Polícia Civil prendeu na noite de ontem (10) uma quadrilha especializada em lesar pessoas pela internet. O grupo é acusado de obter informações bancárias das vítimas por meio de e-mails com vírus e usá-las para efetuar transferências bancárias.
As cinco pessoas, entre elas uma mulher de 24 anos, foram apresentadas nesta manhã (11) na 15ª SDP. Dos quatro homens dois são de São Miguel do Iguaçu, dois de Curitiba e a mulher é moradora de Cascavel.
A quadrilha estava instalada em uma casa luxuosa acima de qualquer suspeita na rua Amazonas, no bairro Country. Estima-se que há vítimas em todo o Brasil e o montante movimentado pelo grupo ainda está sendo investigado.
“As investigações começaram através de denúncias de vítimas que haviam tido valores transferidos de sua conta de maneira fraudulenta e a partir destas informações os investigadores acabaram tendo este resultado. Existem várias vítimas, agora de posse dos computadores que serão encaminhados a perícia e vamos solicitar a quebra do sigilo bancário vamos poder levantar o montante do golpe e o número de vítimas”, relata a delegada adjunta da 15ª SDP, Paula Martins.
As investigações começaram há 30 dias e há suspeita de mais pessoas envolvidas no esquema. Na casa os policiais encontraram celulares, cartões de crédito, computadores, folhas de cheque e impressoras.
Para o delegado chefe da subdivisão policial, Amadeu Trevisan, o avanço tecnológico da polícia está proporcionando que cada vez mais quadrilhas especializadas em determinados golpes vão para trás das grades. “O crime praticado não deixa praticamente vestígios é com base em computadores, internet e a 15ª SDP deixou de ser aquela polícia arcaica e artesanal e trazemos a informática como ferramenta de trabalho”.
Os presos Dyego Deleon de Aguiar Severo, 24 anos, Silas Taborda, 29, Claudir Schimidt, 38, Devanir Soares da Silva, 25 e Francielle Inácio da Silva, 24, estão na delegacia de Cascavel a disposição da justiça. Dyego já tem passagens por roubo, já Silas e Claudir por estelionato e extorsão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 532 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal