Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/03/2010 - A Tarde Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Agentes da Anvisa tiram remédios falsos de circulação

Por: Juracy dos Anjos


Em apenas cinco dias de fiscalização, 3,5 toneladas de medicamentos irregulares e falsificados foram apreendidas, 14 estabelecimentos foram interditados e 10 pessoas presas. Este foi o saldo da Operação Fênix II realizada por fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em Salvador e Feira de Santana. Os resultados foram apresentados pelo assessor institucional da Anvisa, Adilson Bezerra, ontem, no Ondina Apart Hotel, no bairro de Ondina.

Na capital baiana, onde seis pessoas foram detidas, fiscais da Anvisa, juntamente com os da Vigilância Sanitária do município e do Estado, fizeram apreensão de duas toneladas de remédios que, segundo os fiscais, prometiam curas milagrosas no Lojão dos Sacoleiros, no Largo 2 de Julho.

Em Feira de Santana, dentre os oito estabelecimentos interditados naquela cidade, havia uma fábrica clandestina de medicamentos. “Neste local, o xarope produzido era coado em pano de chão. A fábrica era simplesmente imunda”, denunciou Bezerra, dizendo que o medicamento era vendido em farmácias de cidades do interior do Estado e, também, na capital.

Viagra do Paraguai - Os remédios usados para a ereção masculina, como o Viagra, Cialis e Pramil – esse último contrabandeado do Paraguai, já que o produto não tem autorização para ser comercializado no Brasil – foram os mais apreendidos na operação.

Segundo Bezerra, as irregularidades mais comuns cometidas pelos estabelecimentos foram a venda de medicamentos sem registro, falsificação e falta de farmacêuticos. “Terminamos essa operação hoje (ontem), mas realizaremos outras nas cidades do interior ainda neste semestre”, revela ele. As 10 pessoas que foram presas responderão por tráfico de entorpecentes e poderão pegar pena de até 15 anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal