Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/08/2002 - ComputerWorld / IDG Now Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

WorldCom revela nova fraude de US$ 3,3 bilhões

A operadora revelou uma nova irregularidade contábil da ordem de US$ 3,3 bilhões, relacionada agora ao seu balanço financeiro de 2000 - que também terá de ser reapresentado.

Descoberta mais uma fraude bilionária da WorldCom. Desta vez, a operadora revelou uma nova irregularidade contábil da ordem de US$ 3,3 bilhões, relacionada agora ao seu balanço financeiro de 2000 - que também terá de ser reapresentado.

A companhia, que entrou com um pedido de concordata no final de julho, já anunciou ganhos irregulares da ordem de US$ 3,85 bilhões envolvendo seus resultados de 2001 e do primeiro trimestre deste ano.

Tais erros de contabilidade já conduziram acusações criminais contra Scott Sullivan, ex-diretor financeiro, e David Myers, ex-controller da gigante. A Securities and Exchange Commission (SEC), CVM americana, também entrou com uma ação civil contra a empresa.

Ontem, fontes próximas à questão haviam dito que o total recalculado entre 2000, 2001 e o primeiro trimestre fiscal de 2002 ultrapassaria em US$ 2,5 bilhões as cifras iniciais, previstas em junho passado, de US$ 3,85 bilhões. Hoje, no entanto, a empresa confirmou a nova irregularidade com valor superior ao estimado.

A SEC informou que já está ciente da nova fraude. A investigação interna relacionada às atividades contábeis da empresa está em andamento, e os representantes dos órgãos reguladores americanos já alertam que novos erros poderão ser revelados antes dela ser concluída.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 235 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal