Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/03/2007 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dados de 45 milhões de cartões são roubados de loja dos EUA


As informações de pelo menos 45,6 milhões de cartões de crédito e débito foram roubadas do sistema de computadores da rede norte-americana TJX, proprietária das lojas TJ Maxx e Bob's Stores. Os dados pertencem a clientes da rede nos Estados Unidos, Porto Rico, Canadá, Reino Unido e Irlanda. Não há informações sobre a identidade do autor do roubo.

A companhia começou a suspeitar do problema em dezembro do ano passado e informou as autoridades há dois meses. Segundo a TJX, crackers conseguiram entrar nos sistemas a partir de vários pontos dos EUA e da Grã-Bretanha entre julho de 2005 e janeiro de 2007.

Os dados roubados, no entanto, são referentes a operações realizadas entre janeiro de 2003 e junho de 2004. Por isso, segundo a TJX, três quartos dos cartões afetados já haviam vencido quando seus dados foram roubados.

Apesar disso, a empresa afirma não ter certeza da magnitude do roubo nem do modo como seus clientes poderão ser afetados. Ainda não há confirmação de que esses dados tenham sido usados - bancos e companhias de cartões de crédito encontraram apenas "indícios preliminares" de fraude com o uso de dados roubados.

Na semana passada, a Polícia deteve na Flórida seis pessoas que utilizavam cartões que poderiam pertencer a clientes das lojas, fazendo compras no valor de US$ 1 milhão.

A rede também informou que informações pessoais, incluindo nomes, endereços e números de identidade de clientes que devolveram mercadorias sem recibo nos EUA, Canadá e Porto Rico também foram roubadas.

Em nota, a presidente da TJX, Carol Meyrowitz disse lamentar quaisquer problemas enfrentados pelos clients como resultado da invasão dos sistemas da companhia. "Nós estamos trabalhando com as melhores empresas de segurança de informação para investigar o problema e melhorar nossa segurança, para proteger as informações dos consumidores", afirmou no comunicado.

Procurada pelo G1, a porta-voz da empresa não foi encontrada para comentar o assunto.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 355 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal