Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/03/2010 - pe360graus Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

GOE apresenta dois irmãos presos acusados de estelionato

Marcelo e Priscila Buarque utilizavam, de forma ilegal, números de cartões de crédito e códigos de segurança para comprar alimentos e trocá-los por drogas.

O Grupo de Operações Especiais (GOE) vai apresentar, nesta terça-feira (2), dois irmãos presos pelo crime de estelionato. Marcelo Carlos Buarque de Gusmão, 27 anos, e Priscila Buarque Passos, 20, utilizavam, de forma ilegal, números de cartões de crédito e códigos de segurança para fazer compras em restaurantes. Eles seriam usuários de drogas e trocavam os alimentos pelos entorpecentes em bocas de fumo.

De acordo com o delegado Cláudio Castro, os irmãos são de Maceió (AL) e moram no Recife há três anos. Eles são desempregados e estavam há três meses praticando o crime. "À noite, eles procuravam notinhas e papéis com números de cartões de crédito e códigos de segurança de lojas que ficam nas proximidades da Caxangá. Com essas informações, faziam compras variadas em restaurantes", explicou o delegado

A polícia também trabalha com a hipótese de que algum funcionário desses estabelecimentos tenha fornecido os dados para os acusados. A dupla chegava a gastar R$ 500 por dia com o esquema ilícito. "É importante mostrar a fragilidade desse sistema. Muitas vezes você telefona para uma farmácia e o atendente, por estar ocupado, anota dados como número do cartão de crédito e códigos de segurança, antes de colocá-los no sistema. Os criminosos iam atrás desses papéis", detalhou o delegado.

Os irmãos confessaram que eram viciados em drogas e consumiam até cinco pedras de crack por dia. Priscila era quem normalmente fazia o contato com os traficantes. Ela chegava a ir até as bocas de fumo com a própria filha, de apenas um ano e oito meses de idade, porque acreditava que a criança não levantava suspeitas.

Após denúncias ao GOE, os irmãos foram presos na tarde desta segunda-feira (1°), quando recebiam alimentos de dois restaurantes. A prisão aconteceu por volta das 14h, no prédio onde eles moravam, no bairro do Cordeiro, no Recife. Marcelo e Priscila Buarque foram autuados em flagrante por estelionato e, após a apresentação, seguirão, respectivamente, para o Centro de Triagem (Cotel) e para a Colônia Penal Feminina do Recife.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 296 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal